EmiratesAdidas

Florentino Pérez: "Fazer parte do Real Madrid é uma honra e um orgulho; é o clube das 23 Taças da Europa".

NOTÍCIA. 20/11/2021

“A transformação do Santiago Bernabéu constitui uma mudança profunda na história do Real Madrid", declarou o presidente no discurso de abertura da Assembleia Geral Ordinária 2021.

O presidente Florentino Pérez abriu a Assembleia Geral de Sócios 2021, que reuniu de forma presencial e telemática no pavilhão de basquetebol da Cidade Real Madrid. O presidente do Real Madrid começou por recordar todos aqueles que sofreram a perda de entes queridos pela COVID: "Transmitimos o nosso afecto e toda a nossa força, tal como a todos os que lutam por superar esta enfermidade. Hoje recordamos os que nos deixaram nesse período. Entre eles, jogadores de futebol e basquetebol, como Pachín, Luis del Sol, Calpe, Pedro Casado, Antonio Gento, Justo Tejada, Antonio Gausí, Wilson Jones, Arsenio Lope ou José Antonio Muñoz. E ainda outros outros grandes madridistas como José María Paz Casañé e Emilio Butragueño Benavente".

“Estamos perante um momento decisivo para o Real Madrid e para  futebol em geral e assumo este novo mandato com uma enorme responsabilidade, estando ciente dos grandes desafios que temos pela frente. A pandemia transformou tudo. As consequências foram e continuam a ser devastadoras. A união dos sócios é a nossa maior fortaleza, de tal modo que nos permitiu manter a sólida estabilidade institucional que nos levou a ser o que somos: o clube mais amado e admirado do mundo".

Projecto desportivo
"Aproveito esta oportunidade para transmitir o nosso reconhecimento pela trajectória de três figuras que foram foram fundamentais em todas estas conquistas e estarão sempre no coração do madridismo. Em primeiro lugar, um dos grandes mitos deste clube: Zinedine Zidane. Falam por si os 11 títulos como treinador do Real Madrid, entre eles três Champions consecutivas. Representa fielmente os valores do Real Madrid e é uma lenda do madridismo e do futebol mundial".

"Sergio Ramos, o nosso esterno capitão. O melhor defesa da história. O homem da Décima em Lisboa. Os 22 títulos com a nossa camisola, entre eles quatro Taças dos Campeões. Será sempre um dos nossos grande símbolos e também uma referência dos valores do nosso clube. Lenda do Real Madrid e do futebol mundial".
 
"E Rafael Varane. Também chegou sendo apenas um miúdo, esta foi a sua casa durante 10 temporadas, nas quais logrou 18 títulos, entre eles quatro Taças dos Campeões. Deixou, sem dúvida, uma marca difícil de esquecer, e também recolheu o carinho e a admiração de todo o madridismo".
 
"Estamos a dar os passos adequados no processo de renovação para dar um novo impulso ao nosso plantel. Contratámos um dos melhores defesas do mundo. David Alaba veio de um clube amigo, o Bayern de Munique, com o qual ganhou tudo, incluindo duas Champions. Também recebemos Eduardo Camavinga, um dos jovens com maior projecção no mundo do futebol e que era desejado por alguns dos clubes mais poderosos da Europa".

“Uma equipa principal do Real Madrid que volta a ser liderada por um dos melhores treinadores do mundo: Carlo Ancelotti, o treinador da Décima. Com a sua experiência e o seu palmarés recolheu o respeito e a admiração de todo o mundo do futebol e o madridismo sente por ele um carinho muito especial".

Formação
“Nela está a essência do nosso clube e é onde se ensinam os valores do Real Madrid. É a base para se continuar a construir a nossa senha de identidade e para continuar a transmitir esses valores que nos representam. Temos uma formação que é a melhor do mundo".

Futebol feminino
“O Real Madrid feminino completou o primeiro ano de história. E sentimo-nos orgulhosos de contribuir para a expansão do futebol feminino em todo o mundo. Foi a primeira temporada e a equipa atingiu o segundo lugar da classificação da Liga e garantiu o apuramento para a Fase Prévia da Champions League Feminina”.

Basquetebol
“Finalmente, os adeptos puderam também regressar ao WiZink Center e desfrutar de uma equipa que nos tem entusiasmado a todos os madridistas com um ciclo ganhador que já é histórico, com 21 tírulos em 10 anos, entre eles duas Euroligas. Com as duas últimas Supertaças conquistadas de forma consecutiva. somam-se sete nos últimos nove anos. E neste ciclo de sucesso há um nome da casa que já se tornou uma lenda do basquetebol europeu. Pablo Laso tornou-se o treinador com mais jogos e vitórias na história do Real Madrid. São 797 jogos e 616 vitórias”.

O novo Santiago Bernabéu
“O Real Madrid está a enfrentar um dos seus maiores desafios. Estamos a concretizar um sonho que parecia impossível. A transformação do estádio Santiago Bernabéu será um impulso fundamental para um futuro de crescimento e êxito. Será um ponto de viragem na história do Real Madrid. Um ícone arquitectónico e um símbolo vanguardista internacional que se irá converter num dos espaços mais atractivos de Madrid e da Europa, onde se poderão viver experiências únicas durante todos os dias do ano".

vídeo.Vídeo institucional da Assembleia Geral Ordinária 2021

O trabalho da Fundação
“Hoje, mais de 65.000 pessoas, principalmente meninos e meninas, beneficiam dos nossos 650 projectos distribuídos por todos os cantos do mundo. E, desde a sua criação, a Fundação já apoiou mais de um milhão e meio de pessoas para as quais o nosso símbolo representa um grande impulso de ilusão e esperança. É tempo de solidariedade e o Real Madrid estará sempre junto dos mais necessitados".

Superliga
“A Superliga europeia não é apenas uma nova competição. É muitíssimo mais. É procurar alterar a dinâmica actual do futebol, porque se não fizermos nada, irá morrendo aos poucos. Também é o respeito pelas competições nacionais. Apesar das muitas tentativas de intoxicação informativa, é inegável que foi criada como um projecto profundamente respeitador das provas nacionais. Aliás, todos os acordos alcançados pelos clubes fundadores definem com clareza que a Superliga só será realizada de forma compatível com a presença dos clubes nas competições domésticas".

"Doze dos clubes mais importantes do mundo avançaram para o projecto da Superliga Europeia, e para isso criámos uma empresa com sede em Madrid. Esta empresa prossegue os objectivos essenciais que referi: liberdade, autogestão, fair play financeiro, boa governança e transparência, solidariedade,competitividade, respeito pelas provas nacionais e pelos adeptos e promoção do futebol como desporto rei".

"Apesar da tentativa de diálogo com a UEFA, deixando claro no nosso primeiro comunicado a virulência da sua reacção a um simples anúncio da Superliga, por todos conhecida, confirmou a importância vital deste projecto e a necessidade incontornável de recuperar a nossa liberdade e capacidade de gerir o nosso destino. A UEFA rejeitou qualquer diálogo com a Superliga e, ao mesmo tempo, apresentou ao mundo uma história que não era verdadeira. Os adeptos foram alertados de que os clubes fundadores desejavam abandonar as nossas competições nacionais”.[Asset Included(Id:1330753069601;Type:RM_Multimedia_FA)]
"As pressões e ameaças exercidas a todos os níveis pela UEFA chegaram a tal ponto que levaram 9 dos 12 clubes a anunciarem publicamente a vontade de desistir do projecto da Superliga, e isto apesar dos compromissos vinculativos adquiridos e que, por outro lado, são impossíveis de romper. Essas ameaças e pressões não tiveram qualquer efeito em três clubes históricos que têm 20 Taças de Campeões da Europa. Dois deles, são detidos a100% pelos socios, Real Madrid e Barcelona, e outro, Juventus, pertence à mesma família há 100 anos".

"Importa recordar à UEFA quem é o Real Madrid. O Real Madrid é o clube mais laureado da história, que participa, desde a sua fundação em 1902, em todas as inovações necessárias ao longo dos anos e defendeu as tradições do futebol quando estiveram em perigo. Foi o único clube do mundo fundador da FIFA, em 1904, em conjunto com federações de sete países. E foi também, em 1955, o impulsionador da criação da Taça dos Clubes Campeões Europeus em parceria com o jornal L’Équipe"


"E o que se revela ainda mais transcendente é o facto de a Justiça espanhola remeter o caso ao Tribunal de Justiça da União Europeia, no Luxemburgo, que deve pronunciar-se de forma vinculativa para toda a União Europeia sobre o monopólio da UEFA no futebol europeu, um veredicto que a UEFA será obrigada a respeitar porque, apesar de ser uma associação suíça privada, opera no território da União Europeia".

CVC
"Se a actualidade internacional vem sendo marcada pela Superliga europeia, a nível nacional temos a operação proposta pela Liga Profissional de Futebol com a CVC, uma operação desprovida de qualquer sentido financeiro para os clubes (e muito lucrativa para a CVC e o resto dos atores envolvidos) ".
 
“Francamente, nunca imaginei que iria saber pela imprensa que a LaLiga tinha a intenção de tirar de todos os sócios do Real Madrid nada menos que 11% dos direitos televisivos dos próximos 50 anos para dar a um fundo de investimento. Direitos que, além disso, não são propriedade da LaLiga, mas sim propriedade direta dos clubes, sendo a Liga um mero comerciante e sujeita a regras muito claras estabelecidas no Real Decreto Ley 5/2015". 

“O Real Madrid analisará detalhadamente todos os aspectos da operação e agirá em conformidade contra todas as partes envolvidas, caso considere que foi violada a regulamentação aplicável, defendendo os interesses do clube perante os tribunais de justiça da ordem competente. E também agiremos se a LaLiga persistir nos esforços para comercializar direitos de televisão por condições que excedam os critérios definidos pelas autoridades de concorrência espanholas ”.

Universal e solidário
"Fazer parte do Real Madrid é uma honra e um orgulho. É também uma enorme responsabilidade. Porque este é o clube das 23 Taças/Ligas dos Campeões, as 13 de futebol e as 10 de basquetebol. Foram-nos transmitidos valores que nos unem a milhões de pessoas em todo o mundo, independentemente das origens, nacionalidades, línguas, religiões, ideologias ou etnias. O Real Madrid é universal e solidário ”.

"Os sócios, como donos do clube, são os que traçam o caminho do nosso destino. E agora estamos mais uma vez diante de um gigantesco desafio. O futebol exige um momento de renovação e mudanças profundas. E o Real Madrid estará na vanguarda desta mudança, porque a história assim o exige e os nossos adeptos também. O presente não é fácil, nem para nós nem para nenhum clube do mundo. Mas a gestão dos últimos anos permite-nos encarar o futuro com esperança ”.

“Estamos perante a reta final de um sonho: a transformação do estádio Santiago Bernabéu. Preparamo-nos para voltar a conquistar o futuro e renovarmo-nos para voltar a vencer. É tempo para voltarnos a acreditar, enfrentar os desafios com coragem e para estarmos mais unidos do que nunca. Este é o melhor clube do mundo. Com este símbolo e esta camisola nunca desistimos. "
 

Pesquisar