LazoGanadores de Champions LeagueOtro
Declaraciones de Ancelotti

Ancelotti: “Há seis títulos em jogo e queremos lutar por todos”

NOTÍCIA. 04/08/2022

“O Eintracht pode causar-nos dificuldades mas os meus jogadores estarão preparados", assinalou nos meios oficiais da UEFA.

Carlo Ancelotti concedeu uma entrevista aos meios oficiais da UEFA. O treinador do Real Madrid falou sobre o primeiro encontro oficial da temporada frente ao Eintracht Frankfurt, correspondente à final da Supertaça Europeia: “Acho que pelo facto de serem tão profissionais, os meus jogadores estarão preparados. Poder trazer para casa outro troféu no primeiro encontro da temporada... há 6 títulos em jogos e queremos lutar por todos”.

“Estou muito orgulhoso. Foi uma temporada extraordinária para mim, a nível pessoal, e para o Real Madrid. Assim que o regresso a este clube me deu muita satisfação. Continuamos a lembrar-nos da Décima Quarta. É uma memória que está muito fresca. Também se criou uma química especial com os adeptos, num estádio muito especial. Todas as reviravoltas que conseguimos foram no nosso estádio e graças a esse apoio que vinha das bancadas. Conseguimos vencer os grandes, graças sobretudo à união do grupo, além da qualidade”.

Os factores do êxito da equipa
“A chave acho que esteve na humildade e na experiência dos jogadores mais veteranos, e na energia e no entusiasmo dos mais jovens. São gerações diferentes mas com um objectivo em comum: jogar para o Real Madrid. Quando temos jogadores com esta qualidade, que tiveram tantos êxitos mas mantêm a sua humildade, é muito mais fácil geri-los. A satisfação que surge quando se ganha a Champions, fica. Não querem que outro ocupe o teu lugar e isso é uma motivação forte para tentar continuar a ganhar”.

Contratações
“Rüdiger e Tchouameni são jogadores que trazem qualidade. Acho que trouxemos dois jogadores que nas suas posições estão entre os melhores do mundo. Assim que o primeiro que melhoram é a qualidade e a capacidade física e técnica da equipa”.

Adversário
“É uma final da Supertaça merecida. A temporada passada o Eintracht fez algo extraordinário. Não estava entre os favoritos mas fez uns jogos estupendos. Contra o Barcelona, ganhou em Camp Nou jogando um futebol de contra-ataque, grande atenção defensiva e muita velocidade nas transições. É uma equipa que seguramente vai criar dificuldades. Foi bonito ver o Eintracht conquistar a Europa League da forma que a ganhou”.

Pesquisar