EmiratesAdidas
Jugadores internacionales del Real Madrid

Horários e resultados dos madridistas convocados para as suas selecções

NOTÍCIA | 10/10/2021

Valverde foi titular pelo Uruguai, que perdeu contra o Brasil. Benzema, vencedor da Liga das Nações com a França.
Chegou ao fim a paragem de Outubro para a realização de jogos internacionais. Estes foram os madridistas convocados pelas suas selecções: Benzema, com a França, proclamou-se vencedor da Liga das Nações, enquanto que Courtois (Bélgica) terminou a sua participação com a Bélgica no quarto posto. Alaba (Áustria), Modrić (Croácia) e Jović (Sérvia) disputaram jogos de qualificação para o Mundial do Catar de 2022. Vini Jr. (Brasil) e Valverde (Uruguai) encerraram a participação madridista.

Bélgica-França (2-3)
Espanha-França (1-2)

Benzema proclamou-se vencedor da Liga das Nações depois de vencer a Espanha na final. O madridista fez aos 65' o primeiro tento da sua selecção na reviravolta diante da Espanha em San Siro. Nas meias-finais, superou a Bélgica de Courtois e Hazard, e marcou o primeiro golo da França aos 62.

Bélgica-França (2-3)
Itália-Bélgica (2-1)

Courtois e Hazard não conseguiram superar a França de Benzema nas meias-finais da Liga das Nações. Por fim, a Bélgica terminou em quarta na competição depois de perder contra a Itália na Allianz Arena de Turim. O guardião completou os 90 minutos, enquanto que Hazard não fez parte da convocatória para este segundo encontro.
 
Chipre-Croácia (0-3)
Croácia-Eslováquia (2-2)

Luka Modrić marcou de livre o golo do empate da Croácia contra a Eslováquia no estádio Gradski de Osijek. No primeiro jogo, o médio do Real Madrid disputou 84 minutos na vitória da selecção croata sobre Chipre no encontro de qualificação para o Mundial do Catar de 2022.
 
Ilhas Faroé-Áustria (0-2)
Dinamarca-Áustria (1-0)

David Alaba disputou todo o jogo no triunfo da Áustria diante as Ilhas Faroé, referente à fase de qualificação para o Mundial do Catar, e disputado no estádio de Tórsvøllur. No segundo confronto, o madridista também disputou os 90 minutos na derrota da sua selecção frente à Dinamarca no Parken Stadion de Copenhaga.
 
Luxemburgo-Sérvia (0-1)
Sérvia-Azerbaijão (3-1)
Jović não participou no primeiro dos jogos de qualificação para o Mundial, no qual a sua selecção se impôs ao Luxemburgo fora. No encontro seguinte, o madridista foi titular na vitória da Sérvia frente ao Arzebaijão no estádio Rajko Mitić de Belgrado.

Venezuela-Brasil (1-3)
Colômbia-Brasil (0-0)
Brasil-Uruguai (4-1)

O Brasil continua líder do grupo de qualificação para o Mundial. No primeiro confronto, virou o resultado fente à Venezuela, num jogo em que Vini Jr. disputou 27 minutos e Militão não jogou. No empate contra a Colômbia, o defesa madridista foi titular e jogou 72 minutos. No último compromisso, o Brasil impôs-se à selecção uruguaia de Valverde, na Arena Amazônia, em Manaus. Vini Jr. não jogou e Militão não integrou a convocatória para este encontro. 
 
Uruguai-Colômbia (0-0)
Argentina-Uruguai (3-0)
Brasil-Uruguai (4-1)

Valverde também disputou a fase de qualificação para o Mundial. No seu primeiro compromisso, o uruguaio jogou os 90 minutos no empate contra a Colômbia, no Gran Parque Central. No segundo, o médio disputou todo o encontro na derrota da sua selecção face à Argentina. Valverde também jogou todo o encontro na derrota do Uruguai contra o Brasil de Vini Jr..
Pesquisar