EmiratesAdidas
contenido

O Real Madrid amplia o seu domínio no palmarés da competição.

A equipa conquistou o título uma jornada antes do final depois de somar frente ao Villarreal a sua décima vitória consecutiva.

A 16 de Julho de 2020 o Real Madrid conquistou a sua 34ª Liga. A equipa levantou o título depois de vencer o Villarreal por 2-1 no estádio Alfredo Di Stéfano no jogo correspondente à jornada 37. O conjunto de Zidane conquistou um campeonato especial, que esteve interrompido devido à pandemia do COVID-19, graças à sensacional série de triunfos depois do regresso da competição.

O Madrid chegou à penúltima jornada com quatro pontos de vantagem sobre o Barcelona. Uma vitória em casa frente ao Villarreal valia para assegurar o título matematicamente. E a equipa não falhou, somando o seu décimo triunfo consecutivo depois do confinamento graças ao bis de Benzema.

Benzema, melhor marcador do campeão

No final do jogo, o plantel festejou o título sobre o relvado do Di Stéfano. O capitão Sergio Ramos recebeu o troféu e afirmou que a Liga "é um prémio ao trabalho, à preseverança e ao equilíbrio". Por seu lado, Zidane, que somou o seu décimo primeiro título à frente da equipa, valorizou a conquista: "É muito difícil ganhar a Liga, é uma coisa muito grande e sinto uma emoção tremenda". O presidente Florentino Pérez felicitou o plantel e disse: "Esta Liga é única e foi alcançada em circunstâncias muito difíceis”.

Apesar de que as circunstâncias impediram os festejos habituais, o Ajuntamiento de Madrid teve um gesto para com o campeões, e colocou uma bandeira madridista na deusa Cibeles após acabar o jogo. Um dia mais tarde, a Cidade Real Madrid recebeu a cerimónia institucional de festejo da Liga, que contou com a presença do presidente Florentino Pérez; do plantel do Real Madrid; da presidente da Comunidade Madrid, Isabel Díaz Ayuso; e do alcalde, José Luis Martínez-Almeida.

Zidane conquistou o seu décimo primeiro título como treinador do Real Madrid.

O Real Madrid foi o melhor de uma Liga que acabou invicto como visitado. Mas não só se destacou em casa. Também foi a equipa que mais pontos somou fora. Outra das chaves do êxito foi a segurança defensiva, já que se proclamou campeão depois de ser o menos goleado da competição. Courtois ganhou o Troféu Zamora, e no ataque, destacou-se a contribuição concretizadora praticamente de todo o plantel, e especialmente do melhor marcador madridista: Benzema (21 tentos). 

Pesquisar