EmiratesAdidas

Real Madrid - Athletic

2-1: Um golo de Morata dá a vitória e a liderança

Ver galeria

CRÓNICA | 23/10/2016 | Alberto Navarro

Benzema marcou o primeiro tento do Real Madrid, que derrotou o Atlético de Bilbao.  
  • La Liga
  • Jornada 9
  • 23/10/2016
Santiago Bernabéu
2
1
Real Madrid derrotou o Atlético de Bilbao e volta à liderança isolada desta Liga. Desde muito cedo que os brancos, que levam três vitórias consecutivas, demonstraram que não queriam deixar escapar a oportunidade de se colocarem novamente no lugar mais alto da classificação. Apenas precisaram de sete minutos para se adiantarem no marcador. Isco, muito rápido, aproveitou que Saborit não conseguiu travar para recuperar o esférico na área e assistir Benzema. O francês colocou a bola no fundo das redes.   

Os brancos estavam cada vez mais confortáveis no relvado e procuravam aumentar a vantagem. Marcelo centrou aos 16’ e o remate de cabeça de Bale saiu alto. Um minuto mais tarde respondeu o Atlético de Bilbao num cabeçada de Sabin Merino que não acertou na baliza. Foi só um aviso porque dez minutos mais tarde o conjunto basco empatou. Eraso aproveitou uma série de ressaltos para assistir o próprio Sabin Merino, que desta vez não falhou no frente a frente com Keylor Navas.

O REAL MADRID É A ÚNICA EQUIPA DA PRIMEIRA INVICTA EM JOGOS OFICIAIS. 

Havia que começar de novo e o encontro tornou-se vibrante, de parada e resposta. Foi o Real Madrid que teve as ocasiões mais claras até ao intervalo. Tentou Carvajal num remate cruzado aos 41’ que Iraizoz defendeu, tentou Cristiano Ronaldo, que não acertou na baliza após um passe atrasado de Bale aos 43’ e tentou novamente o jogador português dois minutos depois num frente a frente onde saiu vencedor o guarda-redes da equipa visitante.   

Mais ocasiões  
Igualmente emocionante começou a segunda metade. De facto, ambos os conjuntos podiam ter marcado no primeiro quarto de hora. A ocasião mais clara foi protagonizada por Williams que disparou por alto num frente a frente com Keylor Navas aos 52’. Também Benzema teve uma oportunidade oito minutos mais tarde, mas o remate de cabeça a centro de Isco foi defendido por Iraizoz. A partir desse momento, apenas existiu a equipa da casa e o assalto à baliza do conjunto basco era cada vez mais notório.

As ocasiões eram cada vez mais claras para os madridistas. Bale centrou aos 65’ e Cristiano Ronaldo, na marca de pénalti, disparou alto. O português foi novamente protagonista cinco minutos mais tarde. Grande calcanhar subtil de Benzema e o disparo do luso de zona frontal não acertou na baliza. Mais clara foi a seguinte. Desta vez foi Lucas Vázquez, que tinha substituído Isco, quem centrou e o remate picado de cabeça de Kovacic passou a escassos centímetros da baliza visitante.  

Decidiu Morata
Os brancos já mereciam o segundo golo, e ainda mais depois de nova ocasião clara que dispuseram. Excepcional passe entre linhas de Kovacic, domínio de Lucas Vázquez e definição de Morata, que superou Iraizoz mas a bola foi despejada por um defesa da equipa visitante antes de ultrapassar a linha de golo. Não falhou o canterano três minutos mais tarde. Bale centrou, o internacional espanhol rematou de primeira, e ele mesmo aproveitou a recarga para empurrar a bola para dentro da baliza, e dar a vitória à sua equipa no dia do seu aniversário. Houve que sofrer até final já que Williams podia ter empatado aos 85’ mas Keylor Navas esteve mais acertado no frente a frente. O Real Madrid volta a ser líder da Liga.  

Buscar