EmiratesAdidas
Elche - Real Madrid

0-2: O líder aumenta a vantagem na Liga

GaleriaVideo

CRÓNICA | 22/02/2015 | Alberto Navarro (Elche) | FOTÓGRAFO: Ángel Martínez

Os golos de Benzema e Ronaldo selaram a vitória contra o Elche, de um Real Madrid que já tem quatro pontos de vantagem para o segundo. 
  • Liga BBVA
  • Jornada 24
  • Dom, 22 Fev
Martínez Valero
0
2
A próxima semana será muito importante e vai-nos dizer o que pode acontecer no futuro”, declarou Ancelotti na conferência de imprensa antes do jogo contra o Deportivo. Na podia estar mais certo o italiano. A sua equipa abriu caminho na quarta-feira para os quartos-de-final da Champions League, e hoje aumentou a vantagem para quatro pontos de distância na Liga relativamente ao segundo classificado.  

Apesar da primeira parte ter terminado sem golos, poucas dúvidas deixou o início do jogo de que o Real Madrid queria a vitória. Com Cristiano Ronaldo e Bale muito activos e um domínio da posse de bola total, apenas faltou pontaria, e a inspiração de Tyton evitou que os madridistas se adiantassem no marcador antes de se cumprir a meia hora de jogo. 

Primeiras oportunidades
A ocasião mais clara aconteceu aos 4’. Benzema, muito rápido aproveitou um passe errado de Albacar para roubar o esférico e entregar ao Bola de Ouro. Ronaldo recebeu, fez a finta com o calcanhar e inventou um remate que acertou no poste, depois do guarda-redes dos locais desviar a bola com a ponta dos dedos. Sucediam-se os ataques dos visitantes, mas brilhou Tyton novamente num frente a frente com Bale aos 11’ e a um disparo de zona frontal de Cristiano Ronaldo três minutos mais tarde. 

TERCEIRO JOGO CONSECUTIVO SEM SOFRER GOLOS. 

O português podia ter marcado também aos 19’, mas não acertou com a baliza da marca de pénalti depois de um grande passe do galês. O Elche sacudia o perigo como podia e cumpridos os 30 primeiros minutos o jogo arrefeceu. Até que Bale centrou e Benzema puxou dos galões e fez uma bicicleta para superar o guardião dos locais 39’, mas Iglesias Villanueva anulou o golo por discutível fora de jogo do francês.  

Benzema abriu o caminho 
Toda a sorte que tinha faltado ao Real Madrid na primeira metade apareceu na jogada com que se inaugurou o marcador. Isco lutou por uma bola perdida no centro do campo, e Marcelo, de primeira, combinou com Cristiano Ronaldo aos 56’. O português, com uma finta genial soltou-se da marcação ao deixar passar a bola, entrou na área e centrou para a marca de pénalti. Lombán chegou antes de Benzema, mas o alívio acertou em Tyton e a bola sobrou para o gaulês encostar. 

O merecido golo dos brancos deu lugar a um vendaval ofensivo que terminou por decidir o jogo aos 69’. Isco, controlou o esférico e centrou com o pé esquerdo. Cristiano Ronaldo fez o resto. Desmarcou-se e golpeou o esférico de cabeça com bastante potência. A estirada de Tyton não pôde evitar o golo. Inclusivamente podia ter conseguido o bis, mas a marcação do livre aos 72’ passou a escassos centímetros da baliza. A solidez do Real Madrid fez o resto. Terceiro jogo consecutivo imbativeis e vitória trabalhada para aumentar para quatro pontos a vantagem sobre o Barcelona e manter a sete o Atlético de Madrid. 

Pesquisar