EmiratesAdidas
Ludogorets - Real Madrid

1-2: Vitória em Sófia e liderança isolada

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 01/10/2014 | Alberto Navarro (Sofía)

Os golos de Cristiano Ronaldo, que leva sete jogos consecutivos a marcar, e de Benzema selaram o triunfo contra um motivado Ludogorets. 
  • Champions League
  • Jornada 2
  • Qua, 01 Out
Natsionalen Stadion Vasil Levski
1
2
O Real Madrid não muda de rumo e somou em Sófia a quinta vitória consecutiva. Não foi fácil. Os brancos tiveram que fazer frente a um público rendido a uma equipa motivadíssima pela visita do campeão da Europa, e a dez minutos iniciais impróprios para cardíacos no estádio nacional Vasil Levski.

Tudo se complicou aos 6'. Marcelinho aproveitou um canto para dar vantagem à sua equipa, e tornar-se no melhor marcador da história do Ludogorets. Quatro minutos depois podia ter chegado o empate. Chicharito foi derrubado na área, mas Stoyanov adivinhou as intenções de Cristiano Ronaldo na marcação do pénalti. 

Chegou o empate
O conjunto local, consciente da vantagem que tinha, fechava-se na defesa, e o Real Madrid atacava cada vez mais. Até que chegou o empate. Isco iniciou a jogada a 30 metros da área, fintou um adversário e passou a Cristiano Ronaldo, aos 25'.  

O lance do português, que fintou o adversário com um espectacular toque de calcanhar, foi antológico e quando se preparava para rematar, foi derrubado na área. Desta vez não falhou e redimiu-se da pena máxima anterior. Tudo estava empatado novamente.

CRISTIANO RONALDO MARCOU PELO SÉTIMO JOGO CONSECUTIVO.

Assim se chegou ao intervalo, apesar de Chicharito ter estado próximo de marcar em duas ocasiões. Marcelo centrou e o mexicano saltou mais que todos para rematar de cabeça aos 32', mas Stoyanov esteve bem e agarrou o esférico. Mais clara foi a oportunidade seguinte. A jogado foi iniciado por Ramos, passou por Marcelo e Isco, que dentro da área assistiu Chicharito. O remate passou a escassos centímetros da baliza adversária. 

Ocasiões depois do descanso
A segunda metade começou vibrante em Sófia. Aos dois minutos Cristiano Ronaldo esteve perto de desfazer a igualdade. O remate com o pé esquerdo, depois de trabalhar na área, foi para fora. Mais claras foram as que dispuseram Bale aos 52' e Chicharito aos 56'. Isco marcou a falta na primeira, e o galês antecipou-se à defesa rematando de cabeça ao primeiro poste, mas um inspiradíssimo Stoyanov defendeu a bola sobre a linha de golo. 

Entra Benzema
A seguinte, apareceu num contra-ataque prodigioso, daqueles a que já nos habitou esta equipa, mas o remate do mexicano à boca da baliza não acertou no alvo. Os brancos estavam sem sorte, como se comprovou aos 68'. Benzema, que substituiu Chicharito, fez um passe magistral para Ronaldo, que controlou e superou Stoyanov, mas apareceu de forma milagrosa Moti para salvar em cima da linha de golo. 

Não conseguiu fazer o mesmo aos 77'. Marcelo centrou do lado esquerdo, e Benzema adiantou o Madrid com um elegante vólei. Os madridistas davam a volta graças ao golo do francês, que revolucionou um jogo que estava a ficar complicado. Vitória no primeiro jogo fora do campeão da Europa e liderança do grupo B. 

Pesquisar