EmiratesAdidas

Reviravolta do líder em Sevilha

CRÓNICA. 17/04/2022. Rodrigo Salamanca. Fotógrafo: Helios de la Rubia

Os locais foram para o descanso a vencer 2-0, mas o Real Madrid deu a volta ao encontro na segunda parte, com golos de Rodrygo, Nacho e Benzema.

Real Madrid deu mais um passo rumo ao título na Liga. O líder não se rendeu, apesar do 2-0 com que encerrou a primeira parte no Sánchez-Pizjuán e operou a reviravolta numa espectacular segunda metade, na qual os golos de Rodrygo, Nacho Benzema deram os três pontos aos de Ancelotti.

O líder da Liga entrou dominador e deixou rapidamente o primeiro aviso nuim disparo de Camavinga para lá da zona frontal. As duas equipas procuravam a posse de bola e aos poucos o Sevilha foi tornando-se mais tempo dono da mesma. Aos 9 minutos, Martial recolheu uma bola na cabeça da área e o remate à meia-volta saiu para fora.

Golos do Sevilha
Os locais mostravam-se mais confortáveis no jogo e em menos de cinco minutos colocaram-se a vencer por 2-0.O primeiro tento surgiu ao minuto 21 na cobrança de um livre por Rakitić. E o segundo foi obra de Lamela no aproveitamento de uma jogada de Tecatito Corona. Benzema procurou encurtar distâncias antes do descanso, mas o remate saiu por cima da trave.

vídeo.2-3: Reviravolta do líder em Sevilha

O encontro mudou totalmente de figura no regresso dos balneários. 
Rodrygo entrou para o lugar de Camavinga e o Madrid começou a criar perigo desde o início. Passe filtrado de Modric para Benzema, que por pouco não bateu Bono. Ao minuto 50, chegou o primeiro golo do líder na sequência de uma bela combinação na ala esquerda de Vini Jr. Carvajal. Na resposta ao centro raso do lateral, Rodrygo fez o  2-1.

Madrid não deixava de criar perigo e ao minuto 74 marcou Vini Jr. Centro de Carvajal desde a direita, Modric cabeceia ligeiramente e  bola regressa a Vini Jr., que controlou com o peito e assinou o 2-2. O árbitro ainda anulou o tento por mão de Vini Jr., mas após advertência do VAR foi ver a jogada no monitor e após várias repetições manteve a decisão.

Madrid não se rendeu e a sua determinação foi premiada ao minuto 82, quando Nacho, que acababa de entrar em campo, correspondendo de pé direito a um passe de Carvajal. O líder dominava totalmente o jogo e foi atrás dos três pontos. Aos 92', Benzema aproveitou uma assistência depois de uma grande jogada individual de Rodrygo e assinou a remontada madridista no Sánchez-Pizjuán.
 

Clasificação

Calendário

Timeline

O Árbitro

Cuadro Fernández (Colégio Balear), auxiliado por De Francisco Grijalba, López Mir. Garcia Gomez foi o quarto árbitro e Iglesias Villanueva (Colégio Galego) foi o árbitro do VAR.

Pesquisar