EmiratesAdidas
Real Madrid - Leganés

Ramos: “São momentos duros, devemos trabalhar e ficar unidos"

NOTÍCIA | 25/01/2018

“Somos todos responsáveis e devemos aprender com os maus momentos para reverter a situação”, apontou o capitão. 
Sergio Ramos atendeu os meios de comunicação após o jogo contra o Leganés: “Os primeiros a estarem descontentes somos nós. É um fracasso que nos barra o caminho para outro objectivo. São momentos duros nos quais temos que estar unidos para não desistir do resto da temporada. Devemos trabalhar e concentrarmo-nos na última carta que nos resta: a Champions League. Há que felicitar a equipa que ganhou hoje, mas é verdade que para nós, com todo o respeito do mundo, é um fracasso cair contra um equipa que à partida é inferior”.

“Depois de vivermos uma época gloriosa de títulos, é mais difícil assimilar estes resultados. Somos todos responsáveis, não só o técnico. Há que aprender com os maus momentos para tentar reverter a situação o quanto antes. Todos temos uma percentagem de responsabilidade e entendemos que os adeptos sejam sensíveis nestes casos. O futebol são estados de alma e sabemos o que sentem”.

Auto-crítica
“Não me falta a sede de vitórias. Acordo sempre com a mesma vontade de ganhar títulos e ganhar tudo. Todos os anos estabeleço as prioridades. É mais fácil falar quando os resultados não correspondem. Não há que apontar o dedo a ninguém e fazer auto-criativa. Temos que ter um bom papel na Champions”.

Estado anímico
“A equipa trabalha e treina bem. Não acho que seja um problema físico. A mente é muito mais poderosa, e no cômputo geral, colocava em primeiro o estado anímico e mental na frente do estado físico. Zizou sempre teve a nossa confiança, Tanto nos bons momentos como agora”.
Pesquisar