EmiratesAdidas
Celta de Vigo - Real Madrid

Marcelo: “Estamos a tentar jogar bom futebol e fazer golos mas as coisas não saem"

NOTÍCIA | 07/01/2018

“O Real Madrid nunca baixa os braços", declarou Casemiro.
Após o encontro em Balaídos entre o Celta de Vigo e o Real Madrid, Marcelo atendeu os meios de comunicação e analisou o sucedido sobre o terreno de jogo: “Falta de atitude não é, começamos o jogo correndo e lutando, mas o futebol é assim. Estamos a a fazer o que podemos para seguir em frente, tentando jogar bom futebol e fazer golos, mas as coisas não saem. Há que continuar a trabalhar para sair desta posição em que estamos e que não gostamos. É difícil porque quantos mais jogos empatas ou perdes a pressão aumenta mas há que trabalhar, correr, lutar e dar a cara. Para melhorar há que disputar o próximo jogo e dar o máximo para ganhar”.

“O Madrid não está habituado a estar na posição em que está. Se queremos ganhar a Champions, a Taça do Rei e a Liga temos que jogar bem em todos os jogos. Temos que entrar em campo com vontade, é difícil mas vamos dar tudo para ganhar”.

Casemiro: “O Madrid nunca baixa os braços”
“Foi um jogo complicado, sobretudo muito intenso. As duas equipas jogaram um bom futebol. São dois pontos a menos e agora há que continuar a trabalhar porque sabemos que ainda falta muito. Agora a Liga está mais difícil e é mais complicado. Realizamos um primeiro tempo muito bom, na segunda parte não conseguimos sair no contra-ataque. Podíamos ter feito o 2-3 por Lucas mas não conseguimos”.

Casemiro: "Se há uma equipa que consegue dar a volta é o Madrid".

“O Madrid nunca baixa os braços, se há uma equipa que consegue dar a volta é o Madrid. Continuamos a trabalhar porque acreditamos em nós próprios. Todos nós precisamos jogar melhor. Não é o guarda-redes ou o avançado, a equipa não está bem. Quando ganhamos, ganhamos todos e quando perdemos, perdemos todos”.

Achraf: “Vamos lutar até não podermos mais”
“Podíamos ter conquistado os três pontos mas vamos continuar a lutar até não podermos mais. Falta muito e temos que levantar a cabeça. Eles pressionaram bastante com os seus adeptos, no final tivemos uma falha defensiva e eles marcaram nos últimos minutos para empatarem. Trabalhamos juntos todos os dias e vejo a equipa como via no ano passado. As equipas conhecem-nos melhor e isso reflete-se em cada jogo”. 

12

Defesa

14

Médio

19

Defesa

Pesquisar