EmiratesAdidas
Juventus - Real Madrid

1-4: O Madrid faz história e ganha a Décima Segunda

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 03/06/2017 | Alberto Navarro

Goleia a Juventus com os tentos de Cristiano Ronaldo (2), Casemiro e Asensio e torna-se na primeira equipa que consegue vencer duas Champions seguidas. 
  • Champions League
  • Final
  • Sáb, 03 Jun
Estádio Nacional de Gales
1
4
O Real Madrid volta a fazer história na Liga dos Campeões. Poucos desafios resistem aos brancos no velho continente, e em Cardiff conquistaram outro: ganhar duas edições consecutivas da Champions League, algo inédito até à data. Fizeram-no ao golear a Juventus numa impressionante final. A Décima Segunda já cá está. Foi conquistada no estádio Nacional de Gales. O Rei da Europa engrandece a sua lenda.

Apesar da Juventus ter entrado forte de início, e Higuaín e Pjanic obrigarem Keylor Navas a brilhar aos 4’ e 7’, foi o Real Madrid quem se adiantou aos 20 minutos. O contra-ataque foi espectacular, dos que se ensinam nas escolas de futebol, e foi concretizado por Cristiano Ronaldo, após magistral assistência de Carvajal, com um disparo de primeira que superou Buffon.

Chega o empate
Os brancos estavam na frente contra uma equipa que ainda não conhecia o sabor da derrota na competição, mas sete minutos mais tarde o conjunto italiano empatou após um bonito remate de costas para a baliza de Mandzukic. A primeira meia hora foi vibrante e assistiu-se a 15 minutos mais de controlo nos quais só se contabiliza um remate desviado de cabeça em prancha de Cristiano Ronaldo a centro de Isco aos 33’.
 

O REAL MADRID MARCA HÁ 65 JOGOS CONSECUTIVOS. 

A segunda metade foi muito diferente. Com uma pressão muito alta, o Real Madrid recuperava o esférico com facilidade e aparecia com mais frequência na área adversária. De facto, o primeiro quarto de hora foi dos brancos que podiam ter marcado aos 54’ num disparo de Modric de zona frontal que Buffon agarrou. O merecido golo apareceu sete minutos mais tarde na sequência de uma recarga de Casemiro a 30 metros da baliza que desviou em Khedira antes de entrar à justa na baliza do conjunto italiano. 

Bis de Cristiano Ronaldo
Eram os melhores minutos do Real Madrid, que materializou o seu domínio aos 64’. Modric recuperou o esférico, combinou com Carvajal, ganhou a linha de fundo e colocou a bola na área onde apareceu Cristiano Ronaldo antecipando-se a todos. O português tornava-se no melhor marcador desta edição da Champions com 12 tentos. Precisamente, esse número mágico desta noite estava muito mais próximo depois do 1-3. A Décima Segunda estava mais perto. 

Os minutos passavam e estava mais próxima a revalidação do troféu, apesar da Juventus continuar a tentar. Dani Alves marcou uma falta e o remate de cabeça de Álex Sandro passou a escassos centímetros da baliza à guarda de Keylor Navas. Dois minutos depois Cuadrado foi expulso por duplo amarelo e a Juventus ficou com um a menos. Os brancos aproveitaram para fazer o quarto numa grande jogada individual de Marcelo que rematou Marco Asensio aos 90’. A Décima Segunda já cá está. Junta-se à Liga para uma espectacular dobradinha. Esta equipa é lendária. 

Pesquisar