EmiratesAdidas
Real Madrid - Sevilla

4-1: Goleada ao Sevilha no arranque da semana decisiva pela Liga

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 14/05/2017 | Alberto Navarro

O bis de Ronaldo e os golos de Nacho e Kroos dão o triunfo ao Real Madrid, antes de disputar o jogo em atraso em Vigo e o último contra o Málaga.
  • La Liga
  • Jornada 37
  • Dom, 14 Mai
Santiago Bernabéu
4
1
Real Madrid, que continua empatado em pontos com o Barcelona no lugar mais alto da classificação, tinha de ganhar para depender apenas de si próprio na luta pela Liga. Os brancos não falharam no último jogo da temporada no Bernabéu, e golearam o Sevilha para somarem três importantes pontos no primeiro dos três jogos que disputa na semana decisiva pelo campeonato. 

O conjunto de Sevilha foi o primeiro a avisar aos 8’, mas Keylor Navas agarrou a bola em dois tempo após o disparo de Vitolo. Um minuto depois Morata teve oportunidade quando ficou isolado frente a Sergio Rico. O guarda-redes esteve melhor que o canterano. O primeiro tento do encontro apareceu na jogada seguinte. Asensio foi derrubado em zona frontal, e Nacho mais rápido que todos, surpreendeu marcando rápido a falta e batendo Rico.    

Cristiano Ronaldo aumentou a vantagem 
O finalista da Champions League já estava na frente mas o Sevilha esteve perto de empatar num disparo de Jovetic que acertou na trave aos 20’. Dois minutos depois a equipa da casa aumentou a vantagem.  Asensio roubou a bola na intermediária e iniciou um contra-ataque que James tratou de finalizar, mas Sergio Rico parou a bola. Cristiano Ronaldo aproveitou a recarga para empurrar o esférico para o fundo das redes.  

O REAL MADRID JÁ MARCA HÁ 62 JOGOS CONSECUTIVOS.

O Sevilha voltou a tentar por intermédio de Jovetic mas acertou de novo na trave após um bonito chapéu aos 32’. Não seria a última ocasião para o montenegrino antes do intervalo. Sete minutos depois esteve isolado frente a Keylor Navas, que esteve brilhante e mandou o esférico para canto. 

Jovetic reduziu a desvantagem 
Não podia começar de pior forma a segunda metade. Jovetic, num disparo colocado da frontal da área, reduziu a desvantagem aos 49’. A margem de manobra diminuía, mas o Real Madrid reagiu e Cristiano Ronaldo podia ter marcado de livre aos 66’. Sergio Rico despejou com os punhos. 

Os minutos passavam e os brancos queriam sentenciar a partida. Kroos recuperou o esférico, entrou na área aos 78’ e cedeu a Cristiano Ronaldo, que fuzilou Sergio Rico com o pé esquerdo. A forma como a bola tocou na trave antes de terminar no fundo das redes embelezou mais ainda o lance. Não foi o último do encontro. Esse foi aos 84’. Nacho correu e assistiu Kroos com o pé esquerdo, que marcou com um precioso remate com a parte exterior do pé direito. Faltam duas finais pela Liga. Na quarta-feira, em Vigo, será a primeira. 

Pesquisar