EmiratesAdidas
contenido

Quarta Bola de Ouro para o madridista.

O português assinou um grande ano, no qual foi vencedor da Liga dos Campeões e do Europeu.

Cristiano Ronaldo viveu um fantástico ano de 2016, recompensado pela sua quarta Bola de Ouro. O português recebeu 745 pontos na votação efectuada por jornalistas de todo o mundo escolhidos pela revista France Football, impondo-se a Messi (316) e a Griezmann (198). Cristiano marcou o penálti decisivo na final da Undécima, competição na qual foi também o melhor marcador com 16 golos. No Verão liderou a selecção portuguesa na inédita conquista do Europeu. Para encerrar o ano, fez um hat-trick na final do Mundial de Clubes, sendo eleito o melhor jogador da prova.

Durante 2016, o seu palmarés também enriqueceu com mais uma Supertaça da Europa e, no plano individual, ganhou pela segunda vez o prémio da UEFA destinado ao Melhor Jogador na Europa. Com esta nova Bola de Ouro, Cristiano Ronaldo engrandeceu a sua lenda no futebol mundial, onde já se destacava como maior goleador do Real Madrid, da Liga dos Campeões, da selecção portuguesa e único jogador com quatro Botas de Ouro.

No Real Madrid jogaram 9 vencedores da Bola de Ouro.

O avançado mostrou toda a sua alegria numa entrevista realizada após receber o troféu: “É uma honra enorme conquistar a minha quarta Bola de Ouro. Estou muito feliz e orgulhoso e quero agradecer a toda a minha equipa, aos meus companheiros do Real Madrid e da selecção portuguesa”.

Bale, Pepe, Kroos, Modric e Ramos também integraram a lista de 30 candidatos a este galardão.

Cristiano Ronaldo também reforça e aumenta a relação do Real Madrid com a Bola de Ouro. Juntamente com o português, mais oito jogadores que vestiram a camisola madridista conseguiram em determinado momento da carreira essa distinção. O português recebeu os parabéns dos companheiros durante a disputa do Mundial de Clubes, no Japão.
 
Outros madridistas
Com seis jogadores, o clube merengue foi o que teve mais representantes na lista de 30 candidatos à Bola de Ouro 2016. Na sequência do triunfo de Cristiano Ronaldo, Bale foi 6º (60 pontos), Pepe 9º (8) e Kroos e Modric ficaram empatados na 17ª posição com 1 ponto cada. Ramos fez parte do grupo dos 11 jogadores que não obtiveram qualquer ponto.

Pesquisar