EmiratesAdidas
Real Madrid - Wolfsburgo

3-0: Reviravolta e a caminho das meias-finais

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 12/04/2016 | Alberto Navarro

O Real Madrid vence o Wolfsburgo com um ‘hat-trick’ de Cristiano Ronaldo e vai estar no sorteio de sexta-feira da Champions League.
  • Champions League
  • Quartos-de-final (Segunda mão)
  • Ter, 12 Abr
Santiago Bernabéu
3
0
O Real Madrid voltou a oferecer aos seus adeptos outra noite europeia mágica e virou a eliminatória frente ao Wolfsburgo para se qualificar para as meias-finais da Champions League pela sexta temporada consecutiva. Foi espectacular o início de jogo dos brancos, que ameaçaram o adversário, pressionaram muito alto e em apenas 17 minutos já tinham empatado a eliminatória. Apesar do remate de Ramos na sequência de um canto ter acertado na trave aos 6’, um jogador voou mais alto que os restantes: Cristiano Ronaldo.

O primeiro tento foi obra do português, apesar do mérito de Carvajal. O canterano recuperou o esférico em zona intermediária quando se cumpria o primeiro quarto de hora, conduziu-o até à linha de fundo e centrou para a área. Cristiano Ronaldo antecipou-se a todos e colocou a bola no fundo das redes. Era o 1-0, mas apenas um minuto depois o luso assinou o segundo. Kroos marcou o canto e o melhor marcador da Champions League marcou de cabeça.

Benzema
A eliminatória já estava empatada e faltavam pouco menos de 75 minutos. Nenhuma equipa queria cometer erros. O conjunto da casa tinham consciência que o mais complicado já estava alcançado, mas um golo dos adversários obrigava a marcar mais dois. Foi Benzema quem teve duas oportunidade para adiantar o Madrid na eliminatória. A primeira aconteceu aos 29’ de zona frontal, mas Benaglio realizou uma boa estirada. A outra, nos descontos, não acertou na baliza da pequena área.  

O REAL MADRID AINDA NÃO FOI BATIDO NO BERNABÉU NA PRESENTE CHAMPIONS.

A posse de bola e as oportunidades no início da segunda metade também foram dos jogadores da casa. Centro de Modric aos 60’ e Guilavogui, na tentativa de alívio, esteve perto de surpreender Benaglio, que parou uma bola que ia para golo. O tento estava próximo e esteve quase a acontecer seis minutos mais tarde. Kroos marcou o canto e Ramos, imperial rematou, mas o esférico embateu no poste, passeou pela linha de golo e terminou nas mãos do guarda-redes dos visitantes. Segunda bola nos ferros no capitão branco.  

Sentença de Cristiano Ronaldo
Foi só um aviso. O terceiro tento foi obtido 11 minutos mais tarde, e também de bola parada. Modric caiu fora da área e Kassai apitou falta. Cristiano Ronaldo colocou a bola com jeito e executou o livre directo com tal maestria para sentenciar a reviravolta da sua equipa e alcançar o hat-trick. Já soma 16 golos na presente Champions League.

E podia ter acontecido o quarto aos 81’ e aos 86’, mas os disparos de Benzema e Jesé, que o substituiu, após fintarem um adversário na área, foram despejados para canto por Benaglio. Já se tinha conseguido a reviravolta e os brancos só precisavam de manter a vantagem obtida. O Real Madrid conseguiu e já espera pelo adversário das meias-finais. Esta sexta-feira ficará a conhecê-lo.  

Pesquisar