EmiratesAdidas
Diego Lopez

Diego López: “Vamos à procura dos nove pontos que nos restam”

NOTÍCIA | 04/05/2014

“Com os resultados que houve nesta jornada é um empate importante", destacou o guarda-redes do Real Madrid.
O Real Madrid disputou frente ao Valência o penúltimo jogo da temporada no Bernabéu. Diego López atendeu os meios de comunicação depois do encontro: “Queríamos ganhar mas, face às circunstâncias da jornada, o empate até não é um mau resultado. Como se viu, é difícil ganhar a Liga, temos que sofrer, tal como os nossos rivais, nos jogos que ainda faltam. Será muito duro mas temos que conseguir os nove pontos. Afinal, com os resultados que houve, é um ponto importante. A atitude da equipa foi de conseguir sempre a vitória, mas o Valência soube aproveitar as ocasiões que teve”.

“Viemos da passagem a uma final desejada há muitos anos e de uma euforia que teve consequências. Possivelmente não repetimos a intensidade necessária que mostrámos nos últimos jogos. O Valencia não facilitou. Nós demos-lhes muitas oportunidades de ataque e também hipóteses de contra-ataque. Tivemos muitas oportunidades, como sempre, mas não entraram todas as bolas possíveis”.

Emoção até ao fim do título
“Não dependemos só de nós, o que é o pior. O Atlético perdeu contra o Levante, o Barcelona empatou contra o Getafe… O campeão não se conhecerá antes do final e a Liga pode decidir-se no último minuto. Nesta fase decisiva, os jogos são muito difíceis e as equipas têm de dar tudo por tudo, até os que já não têm nada a ganhar nem a perder”.

CASILLAS E EU VAMOS TENTAR QUE O REAL MADRID SEJA CAMPEÃO DA LIGA.

“A final conseguimos um empate que pode valer-nos a 18 de Maio. Uma derrota era mais problemática, assim tudo está em aberto. Confiamos em nós e na nossa forma de jogar, até agora. Temos que melhorar porque hoje não foi o nosso melhor jogo”.

Alternância na baliza nos jogos da Liga
“O que o treinador decide é bom para a equipa. Eu farei o melhor possível  e Iker fará o mesmo. Foi dito depois do Villarreal. Respeito a decisão do treinador, apoio o meu colega e é assim".

"Está a final da Champions e há que ser coerentes. Iker tem capacidade para jogar esse tipo de jogos. Não vou discutir méritos apenas respeito, que é o que se deve fazer neste caso, respeitamos a decisão, como sempre fizemos Iker e eu, todo o ano. Não vamos mudar agora”.

Continuidade no Real Madrid
“A minha vontade é continuar aqui muitos anos, espero poder retirar-me neste clube e continuar a ajudar em tudo o que possa. E,se é o meu último jogo esta temporada, desejar à equipa que ganhe tudo o que falta”.

Pesquisar