EmiratesAdidas
Real Madrid - Levante

Ancelotti: “Seria incrível ganhar a Décima no meu primeiro ano no Real Madrid"

NOTÍCIA | 27/04/2014

“Nestas alturas é mais importante o aspecto psicológico do que o táctico", disse o treinador do Real Madrid na revista 'Champions'. 
A Liga dos Campeões entra na recta final e apenas duas equipas estarão na desejada final de Lisboa. Carlo Ancelotti está optimista e demonstrou-o numa entrevista para a revista Champions: "Para o Real Madrid esta é uma competição muito importante, sobretudo porque em caso de ganharmos o troféu esta época, o clube passaria a ter 10 Ligas dos Campeões. Seria algo especial para todos. E quanto antes se consiga melhor. Se pudesse consegui-lo no meu primeiro ano aqui seria incrível".

"Melhorámos muito desde o início. Esta equipa tem grande potencial ofensivo e jogadores de muita qualidade, e estamos a realizar esforços para tirar o máximo proveito disso. Neste momento estamos bem definidos e realizamos bons jogos que nos permitem ser muito eficientes no ataque".

O 4-3-3
“O que nos permite é realizar um jogo de ataque aproveitando as qualidades dos jogadores. Ganhamos muita vantagem ao jogar pelas faixas laterais, temos defesas que atacam bastante e ajudam o jogo ofensivo, que não se baseia apenas nas qualidades individuais dos jogadores. É um jogo colectivo".

"É um sistema adaptado às características dos futebolistas. Temos grandes jogadores no ataque, como Bale e Cristiano Ronaldo, e ao utilizar este sistema tratamos de aproveitar ao máximo as suas características. A zona entre o meio-campo e o ataque por vezes é ocupada por Benzema, que baixa para receber, e por vezes estão médios como Modric, Isco, ou Di María".

TEMOS QUE GANHAR OUTRO TÍTULO, QUER SEJA A LIGA OU A CHAMPIONS LEAGUE. 

“O melhor jogo que realizámos nesta edição da Champions foi na primeira-mão contra o Schalke 04. Ganhámos facilmente e jogámos muito bem. Nestas alturas o mais importante é o aspecto psicológico, que é mais importante que o táctico. Tens que ter uma convicção forte para dar o máximo e tratar de chegar à final".

Quartas meias-finais consecutivas
“Se interiorizarmos bem as experiências negativas, estas pode fazer-nos mais fortes, e ajudar-nos a encontrar uma motivação mais forte ainda. Depois de três meias-finais acho que o Real Madrid merece jogar uma final, mas é algo que depende de nós e mais ninguém".

Eliminatória frente ao Borussia Dortmund
“O jogo da segunda-mão foi muito difícil. Uma surpresa que não esprávamos. Mas felizmente e apesar de não termos jogado bem, conseguímos atingir as meias-finais. Esta é uma experiência boa para nós, já que significa que mesmo que ganhes com facilidade o jogo da primeira-mão, nunca podes achar que a eliminatória está resolvida".

Pode ganhar a sua terceira Champions como treinador
"É a competição mais importante do mundo e tive a sorte de a conquistar como jogador e como técnico. Foi uma grande satisfação e pela alegria que acarreta vale a pena trabalhar para tentar conquistá-la novamente. Esta competição é cada vez mais importante".

Sergio Ramos
“É um jogador com uma grande personalidade e que praticamente nasceu aqui, e que é muito experiente. Em alguns jogos é crucial, para além do que faz no terreno de jogo, a coragem que incute em toda a equipa é crucial. É um jogador com um grande valor".

Pesquisar