EmiratesAdidas
Real Madrid - Osasuna

Ancelotti: “O jogo foi bom e Cristiano demonstrou estar bem”

NOTÍCIA | 26/04/2014 | Edu Bueno

“O objectivo em Munique é marcar, não defender. Tenho muita confiança nos meus jogadores“, comentou o técnico depois da vitória contra o Osasuna.
Carlo Ancelotti compareceu na sala de imprensa do Santiago Bernabéu após a goleada que o Real Madrid impôs ao Osasuna: "Tudo correu bem para Cristiano e para todos. Não houve nenhum problema e alguns jogadores descansaram. O jogo foi bom, não foi de grande intensidade, e Cristiano demonstrou estar bem. Jogou com mais segurança e confiança em comparação com o jogo da passada quarta-feira". 

"Sente-se o ambiente. Estamos contentes porque é uma ajuda importante que o ambiente e a envolvência sejam assim, e seguramente que nos ajudará nos próximos jogos. Estamos com muita vontade de vencer e com este ambiente a equipa pode conseguir mais".

Jogo da segunda-mão contra o Bayern
“Estou certo que vou fazer alinhar um onze que vai demonstrar muita vontade e ilusão. Toda a gente deve estar tranquila porque vamos preparar o jogo muito bem. Tenho muita confiança nos jogadores e todos têm de a ter também. O objectivo é marcar e não defender. É com este pensamento que temos de trabalhar".

Se Cristiano Ronaldo, Benzema e Bale estiverem bem, vão jogar em Munique.

“Benzema está a melhorar e não terá problemas para terça-feira. Amanhã já se treina sem problemas e vai estar recuperado. Bale teve uma gripe na quarta-feira e estava debilitado, e preferimos que realizasse treino individual esta manhã, e agora está melhor".

O jogo de Morata
“Nunca pedi aos avançados para marcarem. De vez em quando peço ao Cristiano, pois tenho a certeza que não falha. Álvaro trabalhou bem diante de uma defesa fechada como a do Osasuna. Esta época está a realizar um bom trabalho e espero que fique porque precisamos de outro avançado. Ele pode crescer com o Karim e com o Cristiano. Precisa de jogar mais mas é um problema sobre o qual vamos falar no final da temporada".

Lembrança de Tito Vilanova
“Não partilhei muitos momentos com ele. No ano passado joguei contra o Barcelona com o PSG. A impressão que tenho é que era um homem tranquilo e sereno. Estamos consternados porque é um colega que nos deixa. E agora todo o apoio à família e ao Barcelona porque perdeu uma figura importante para o clube".

9

Avançado

21

Avançado

Pesquisar