EmiratesAdidas
Real Madrid - Elche

3-0: Vença e pensar Schalke

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 22/02/2014 | Alberto Navarro

O primeiro golo de Illarramendi na Liga, um golaço de Bale e de Isco deram três pontos ao Real Madrid que já pensa na ida dos oitavos de final da Champions League frente ao Schalke 04.
  • Liga BBVA
  • Jornada 25
  • Sáb, 22 Fev
Santiago Bernabéu
3
0
O Real Madrid esteve demolidor no início do jogo. Antes de chegar aos dez minutos já tinha tido duas oportunidades claras e um outro disparo à trave. A primeira jogada de perigo foi protagonizada por Benzema mas a pouca força do pontapé tornou fácil a defesa de Manu Herrera, aos três minutos. A seguinte também foi iniciada pelo francês, que proporcionou o passe para Bale com o calcanhar. A corrida do galês aos 8 minutos terminou num pontapé de canto, depois do desvio de Botía. Di Maria tentou marcar golo de canto que foi evitado pelo guarda-redes.

Esse momento fez despertar o Elche. Os visitantes começaram a disputar a posse do esférico que tinha sido monopólio dos da casa. Passada a meia hora chegou o primeiro golo do encontro. Di Maria marcou canto aos 34 minutos e Illarramendi, com a baliza de frente disparou para marcar. A bola ainda tocou em Manu del Moral que acabou por surpreender a Manu Herrera.

ILLARRAMENDI COLOCA NA FRENTE O REAL MADRID COM O PRIMEIRO GOLO NA LIGA E O SEGUNDO OFICIAL QUE MARCA ESTA TEMPORADA.

Os "merengues" já tinham o marcador na frente e inclusivamente podiam ter ampliado a distância ainda antes do intervalo. Se Benzema foi protagonista na primeira grande ocasião do encontro, também voltou a sê-lo na última da primeira parte. O francês tentou de novo a sorte de frente para a baliza mas Manu Herrera voltou a impôr uma defesa soberba aos 42’.

O Elche pressionou muito na frente e começaram a notar-se algumas imprecisões em ambas as equipas. Nunhuma dominava de forma clara nem as jogadas de perigo terminavam bem finalizadas. Foi quando Gareth Bale fez levantar o público com um disparo de 30 metros que ainda bateu no guarda-redes antes de passar a linha de golo. Uma concretização espetacular que deu tranquilidade aos da casa.

Tal golo retirou entusiasmo à equipa visitante que estava a realizar um bom jogo, em contrapartida, motivou mais ainda os madridistas. Isco substituiu Jesé aos 74 minutos e encerrou a goleada sete minutos mais tarde. Um passe com profundidade de Di Maria para o central "merengue" que dentro da área bateu a Manu Herrera junto à trave. Morata podia ter feito o quarto que Manu Herrera evito já no tempo de descontos. Goleada a pensar na eliminatória da Champions frente ao Schalke 04.

Pesquisar