LazoGanadores de Champions LeagueOtro
Semana blanca: Casillas

Casillas encerra a Semana Blanca da Escola Universitária Real Madrid Universidade Europeia

Video

NOTÍCIA | 20/05/2021

“O Real Madrid é um clube com uma dimensão estratosférica e o mais relevante a nível mundial”, assinalou.
Iker Casillas foi o último protagonista da Semana Blanca destinada aos alunos da Escola Universitária Real Madrid Universidade Europeia. No evento, moderado por Emilio Butragueño, a lenda madridista e adjunto do director geral da Fundação Real Madrid falou de Futebol e solidariedade: “Grande parte da educação que recebi devo-a ao clube. Com oito anos comecei a ter uma disciplina de jogador de futebol e esses valores eram ensinados pelas pessoas do clube, incumbindo-nos o que era o Real Madrid. Depois, vamos passando o testemunho aos que vão aparecendo. Enriqueci-me muito aqui. É um clube com uma dimensão estratosférica, o mais relevante a nível mundial”.

“Ser o melhor na tua posição requer sacrifício e por vezes temos que perder muitas coisas porque há que treinar. Este sacrifico também era dos meus pais. Além disso, deves ser muito constante no que fazes. Para chegar a jogar no Real Madrid tens que ser ambicioso e confiante em ti mesmo. Com 10 anos estava convencido de que ia chegar a ser o guarda-redes da equipa principal. Tive sorte”.

Regresso a casa
“Estou muito contente porque é regressar outra vez ao início depois de uma etapa em Portugal. E agora continuo de uma forma muito diferente e que me faz feliz. Podes ter um conhecimento mais próximo de muitas pessoas que têm problemas, podes ouvi-las e ajudar. Estou agradecido”.

Trabalho na Fundação
“Desde há algum tempo venho conhecendo o que há a nível social, e envolvi-me mais porque é o que me apetece neste momento. Depois de deixar o futebol temos que aprender e estar próximos do que realmente gostamos. Fico comovido que as crianças mais pequenas conheçam o meu nome. Também as pessoas mais velhas dão mostras do seu carinho”.

Representar este clube é uma grande responsabilidade.

“A figura de um ex-jogador na Fundação é necessária porque muita gente que segue o clube sente-se identificada com os jogadores que vestiram esta camisola. O nosso trabalho é representar o clube onde quer que vamos e temos uma grande responsabilidade. Quando vamos com a Fundação as pessoas relacionam-nos, lembram-se de coisas que viveram e é bom”.

Força mental no desporto
“Tens que ser forte a nível da cabeça. Uma coisa muito importante é não te enganares a ti mesmo. Tu sabes depois de um jogo se estiveste bem ou mal. Além disso, tens que tentar prever as situações que possam acontecer num jogo. É algo que treinava muito e ajudou-me”.

Títulos
“Quando começas não te dás conta e não estás consciente, mas quando chegas a uma maior maturidade esse momento de levantar os troféus fazem sonhar. Ver a quantidade de pessoas que fazes feliz com esse momento não tem preço. São momentos mágicos que valem muito a pena, sobretudo pelas pessoas”.

Última jornada
A quarta jornada da Semana Blanca também contou com as intervenções de Julio González Ronco, director gerente da Fundação Real Madrid; Francisco Panadero, director de infraestruturas e desenvolvimento patrimonial do Real Madrid; e Toni Nadal, ex-treinador de Rafa Nadal e director da Academia Rafa Nadal.

Pesquisar