EmiratesAdidas
Benfica - Real Madrid

Raúl: “Esta é uma equipa extraordinária e tínhamos muita vontade de conquistar este título”

NOTÍCIA | 25/08/2020 | Rodrigo Salamanca | FOTÓGRAFO: Helios de la Rubia (Nyon)

“Nesta competição sofre-se muito e o Benfica é uma equipa muito boa”, explicou Chust.
O Real Madrid conquistou a Youth League 2019/20 com Raúl dirigindo a equipa na Fase Final. No final do jogo, o técnico disse: “Esta é uma equipa extraordinária e tínhamos muita vontade de ganhar este torneio. Isto é comparável aos grandes momentos que tive oportunidade de viver como jogador. É precioso e quero dar-lhes os parabéns porque isto é um passo muito importante para a sua carreira”.
 
“É um dia histórico para todos. Tive a sorte de viver muitas coisas bonitas e esta é uma mais. O carinho dos rapazes, como competiram, e fazê-lo em quatro jogos, sem estarem habituados é para se sentir orgulhosos”.

Nivel físico 
“Para eles era o terceiro jogo e para nós o quarto em nove dias depois de Juventus, Inter e Salzburgo. O Benfica é uma grande equipa, com bons jogadores e os rapazes sofreram. Fomos melhores, mas na segunda parte sofremos e sabíamos que ia ser assim. Iamos acabar esgotados a nível físico, mas estou feliz pelos meus jogadores porque lutaram. Foi um torneio cinco estrelas e não mudava nada”.

Chust: “O treinador tem bem vincado o sangue e o ADN madridista”

“Este é um prémio para toda a gente que trabalha na cantera durante muitos anos. Isto é de todos. Os madridistas apoiaram-nos nesta altura sem futebol e sofrendo, mas deram-nos essa energia que nos faltava”.
 
Chust: “É um orgulho enorme representar o melhor clube do mundo”
“É um orgulho enorme representar o melhor clube do mundo com estes jogadores magníficos. Como capitão sinto-me muito orgulhoso da equipa que temos. Quero lembrar-me de toda a gente que não pôde vir e que participou no processo como Dani Poyatos. Também há que lembrar de toda a gente que esteve a apoiar-nos e que confiou em nós”.  

“Esta é uma competição de muito sofrimento e o Benfica é uma equipa muito boa, e por isso chegou à final. Na segunda parte pressionaram muito porque nós fisicamente estávamos cansados. O treinador tem bem vincado o sangue e o ADN madridista, e incentiva-nos mais que ninguém até final, e passa-nos esses valores que representam esta camisola”.

Pesquisar