1. Close
    Classic MatchCorazón Classic Match 2019
    vivê-la emSantiago Bernabéu
    Real Madrid LeyendasReal Madrid Leyendas
    vs
    Chelsea LegendsChelsea Legends
    Informação do jogo
    Classic Match, Corazón Classic Match 2019
      Santiago Bernabéu
     06/23/2019

    partilharfacebooktwittergoogle +

EmiratesAdidas

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

    Real Madrid - Viktoria Plzen

    2-1: Os golos de Benzema e Marcelo dão a vitória ao Madrid

    Ver galeriaVer video

    CRÓNICA | 23/10/2018 | Alberto Navarro

    A equipa blanca somou um importante triunfo frente ao Viktoria Plzen e já pensa no Clássico de domingo. 
    • Champions League
    • Jornada 3
    • 23/10/2018
    Santiago Bernabéu
    2
    1
    O Real Madrid conseguiu uma importante vitória diante do Viktoria Plzen na terceira jornada da Champions. Os golos de Benzema no primeiro tempo e de Marcelo no segundo deram os três pontos aos blancos, que desde o início criaram ocasiões. A primeira apareceu no minuto 3. Marcou Kroos um canto, prolongou Casemiro ao primeiro poste e a cabeçada de Ramos saiu alta. Pareciam superiores os blancos de bola parada, e dois minutos depois voltou a marcar o alemão outro canto e apenas o poste evitou que o remate de cabeça do capitão inaugurasse o marcador. 

    O jogo parecia estar onde a equipa da casa queria, mas o Viktoria Plzen também avisou. Keylor Navas esteve espectacular no frente a frente com Petrzela, algo descaído, aos 11’. A reacção do campeão europeu foi imediata e adiantou-se na jogada seguinte. Precioso centro de Lucas Vázquez, esta noite como lateral direito, desde o seu lado e igualmente meritória definição de Benzema com a cabeça.

    Ocasiões
    O golo abrandou o ritmo de jogo e o conjunto visitante esteve perto de aproveitar quando se chegou à meia hora de jogo, mas o remate picado de Limbersky isolado frente a Keylor não acertou na baliza. E na jogada seguinte podia ter aumentado a vantagem Benzema. O francês controlou um passe longo, fintou Hejda, que caiu no relvado, e Hruska foi mais hábil no frente a frente. 

    O Real Madrid marca há 44 jogos consecutivos no Bernabéu na Champions League.

    Ainda mais claras foram as ocasiões que dispôs Isco em seguida. O internacional espanhol, muito rápido, interceptou um passe do guarda-redes checo aos 36’ e a sua posterior definição em chapéu dainte do guarda-redes saiu desviada. Um minuto depois, nova oportunidade para o natural de Málaga. Desta vez de bola parada numa bonita jogada ensaiada. Kroos marcou o canto, Isco disparou de primeira e obrigou Hruska a brilhar. A última jogada de perigo antes do intervalo foi protagonizada pelos visitantes. Centrou Reznik, e Hrosovsky, só tinha que empurrar o esférico, mas chutou por cima. 

    Golaço de Marcelo
    Se a primeira metade terminou com uma oportunidade para os visitantes, a segunda começou com outra jogada de perigo checa. Centrou Krmencik, e Havel não acertou na baliza com o seu remate acrobático aos 51’. Ali terminou a resistência do Viktoria Plzen porque quatro minutos depois, Marcelo aumentou a vantagem. A jogada foi tão precisa como estética. Valverde, que sustituiu Isco aos 54’ e fez a estreia como madridista, combinou com Bale e este de primeira cedeu de calcanhar para o brasileiro. A sua definição em chapéu embelezou ainda mais o tento. 

    O Real Madrid não se conformava e queria mais. Bale quis juntar-se à lista de goleadores de hoje. O seu disparo de zona frontal aos 69’ não encontrou a baliza, e posteriormente podia ter superado Hruska quando seguia isolado. Parecia que o terceiro estava muito próximo, mas o Viktoria Plzen reduziu a desvantagem aos 78’ após grande jogada de Hrosovsky. Nos últimos minutos, Marcelo teve que sair com queixas, mas os blancos souberam manter a vantagem e somaram três importantes pontos para empatarem com a Roma na liderança do Grupo G. Agora toca a pensar no Clássico. 

    Buscar