EmiratesAdidas
Celta de Vigo - Real Madrid

2-2: O Real Madrid tentou a reviravolta até ao final

Ver galeria

CRÓNICA | 25/01/2017 | Alberto Navarro (Vigo) | FOTÓGRAFO: Ángel Martínez

Cristiano Ronaldo e Lucas Vázquez marcaram pelos brancos, que enviaram uma bola à trave e outra ao poste mas acabaram por cair na Taça.
  • Taça do Rei
  • quartos-de-final (Segunda mão)
  • Qua, 25 Jan
Balaídos
2
2
O Real Madrid tentou até à exaustão, mas acabou eliminado na Taça do Rei. Os brancos dominaram numa primeira parte vibrante e com ocasiões de golo claras para ambas as equipas. Muito cedo, as cartas foram postas em cima da mesa. Os madridistas eram donos da bola e o Celta esperava atrás, tentando surpreender com transições rápidas. A primeira jogada de perigo foi para os visitantes. O remate de Isco da zona frontal, aos 6', foi parar às mãos de Sergio.

O encontro estava muito aberto e pouco antes de se atingir a meia hora a sorte foi madrasta para os brancos. Isco cruzou, Cristiano Ronaldo cabeceou e Sergio tocou na bola o bastante para que ela fosse à barra. O ressalto levou-a de novo aos pés do português, que mostrando rapidez de reflexos rematou com tão pouca sorte que desta vez a bola foi ao poste.

Marca o Celta
O Real Madrid estava a merecer o golo, mas os últimos minutos pertenceram ao Celta. Casemiro aliviou a bola e esta ficou com Aspas, que sozinho frente a Casilla falhou a conclusão, aos 33'. O guardião madridista foi, precisamente, protagonista sete minutos depois, ao enviar a bola para canto num mano a mano com Guidetti. 

Cristiano Ronaldo marcou de livre na Liga, Champions e Copa.

Parecia que se chegaria ao intervalo sem golos, mas o Celta adiantou-se aos 44'. Os mesmos protagonistas da última ocasião dos donos da casa e voltou a brilhar Casilla, mas ficou mais uma vez demonstrado que a sorte não queria nada com os brancos e a bola bateu em Danilo antes de entrar.   

Golaço de livre de Cristiano Ronaldo
Os brancos continuavam a ter de marcar dois golos, agora para levar a eliminatória para o prolongamento, e tinham 45 minutos para o fazer. O Celta fechou-se no seu meio-campo e o Real Madrid não se detinha na tentativa de chegar ao golo. Tentou-o Kroos, aos 59', num livre. Simulou que ia cruzar e disparou rasteiro rente ao poste, mas Sergio conseguiu desviar a bola para canto. Serviu de prólogo ao golaço de Cristiano Ronaldo, três minutos depois. Espectacular o remate do português num livre de longe. Havia 1-1 e tudo por decidir.   

Lucas Vázquez empatou
Sobre o relvado já só existia o Real Madrid. Kroos marcou um livre aos 67' e Ramos, na pequena área, rematou de cabeça a escassos centímetros da baliza local. Benzema tambem podia ter marcado no mesmo minuto, mas o seu remate, um pouco descaído, saiu cruzado. O assédio era cada vez mais evidente e o Celta já só se limitava a lançar bolas longas, mas numa dessas jogadas isoladas Wass marcou, aos 85', e parecia resolver a eliminatória até que Lucas Vázquez, após um canto, devolveu a incerteza ao marcador. Os brancos tentaram até final mas não foi possível.

Pesquisar