1. Close
    Classic MatchCorazón Classic Match 2019
    vivê-la emSantiago Bernabéu
    Real Madrid LeyendasReal Madrid Leyendas
    vs
    Chelsea LegendsChelsea Legends
    Informação do jogo
    Classic Match, Corazón Classic Match 2019
      Santiago Bernabéu
     06/23/2019

    partilharfacebooktwittergoogle +

EmiratesAdidas

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

    Celta de Vigo - Real Madrid

    1-3: O líder ganha em Vigo

    Ver galeriaVer video

    CRÓNICA | 24/10/2015 | Alberto Navarro

    Os golos de Cristiano Ronaldo, Danilo e Marcelo sentenciam frente ao Celta, e mantêm o Real Madrid invicto.  
    • Liga BBVA
    • Jornada 9
    • 24/10/2015
    Balaídos
    1
    3
    O Real Madrid concluiu nos Balaídos, com nota elevada, uma semana complicadíssima, onde apesar dos indisponíveis para Benitez, goleou em casa o Levante, empatou em Paris frente ao PSG e ganhou hoje em casa do Celta. Nos dois últimos jogos estavam em disputa a liderança do grupo na Champions e da Liga, e os brancos defenderam ambas de forma excepcional.   

    Desde o início que se assistiu ao Real Madrid sério, compacto e concentrado. Durante os dez primeiros minutos, os brancos monopolizaram o esférico. Atacavam com critério e recuperavam rápido o esférico com a pressão alta exercida. Prova disso foi o primeiro tento. Casemiro roubou a bola na zona intermediária e o resto da jogada foi um compendio de velocidade e precisão. Assim combinaram Lucas Vázquez e Cristiano Ronaldo, e o português definiu. 

    Keylor Navas
    O Celta, com a ajuda dos seus adeptos, lançou-se ao ataque na procura do empate, e esteve perto de o conseguir aos 18’. Orellana rematou de zona frontal com o pé esquerdo, e Navas respondeu com uma estirada fenomenal, mas cinco minutos mais tarde os visitantes surpreenderam, quando os da casa parecia estar por cima. A jogada, com a qual Danilo se estreou a marcar como madridista, foi espectacular. Cristiano Ronaldo arrastou dois defesas, Jesé viu a desmarcacao do brasileiro nas costas de Nolito e assistiu. A definição do lateral branco fez o resto.  

    DANILO MARCOU O PRIMEIRO GOLO COM O REAL MADRID.

    Antes de chegar o descanso houve tempo para novas demonstrações de reflexos de Keylor Navas. Grande jogada de Nolito na lateral, na qual fugiu a dois adversários, o seu passe atrasado aos 40’ encontrou Aspas que disparou da marca de pénalti, mas tinha pela frente o guardião madridista. Três minutos mais tarde, nova defesa salvadora do costa-riquenho após falta cobrada por Nolito e remate de cabeça de Pablo Hernández.

    Oportunidade clara
    Estiveram perto fazer o terceiro os brancos no início da segunda metade. Cristiano Ronaldo penteou a bola aos 49’ e Lucas Vázquez fugiu a Cabral em velocidade, mas Sergio Álvarez adivinhou as intenções do canterano de fazer um chapéu, e agarrou o esférico. Aos 57’ Cabral viu o segundo amarelo por protestos, e o Celta ficou reduzido a dez. A partir desse momento, o encontro ficou mais duro. Talvez por isso, e para evitar que visse o segundo amarelo, Benitez decidiu trocar Lucas Vazquez por Isco aos 62’.

    À trave
    O jogo voltava a ser vibrante e os madridistas atacavam cada vez com mais perigo. Isco apenas precisou de sete minutos em campo para receber a bola em zona frontal, fintar dois adversários e surpreender com um bonito disparo que Sergio desviou antes de embater na trave. O Celta respondeu, e Marcelo evitou sobre a linha de golo o tento de Nolito aos 72’.  

    Marcelo selou o triunfo
    Foi precisamente Nolito quem reduziu aos 85’ com um disparo excepcional de zona frontal. Daí até ao final, e com grande esforço apenas três dias depois de disputar outro complicado encontro em Paris, o Real Madrid soube conter as investidas do adversário, e inclusivamente selar o triunfo com um bonito golo de Marcelo. Cherychev assistiu nos descontos o brasileiro, que dominou e enganou Sergio, que já no chão nao evitou o remate fácil. Os brancos continuam líderes e invictos. 

    Buscar