EmiratesAdidas
Real Madrid - Eibar

3-0: Goleada ao Eibar para fechar uma semana com 9 pontos conquistados

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 11/04/2015 | Alberto Navarro

Cristiano Ronaldo, Chicharito e Jesé garantiram a vitória do brancos, que já pensam na eliminatória dos quartos-de-final da Champions League.
  • Liga BBVA
  • Jornada 31
  • 11/04/2015
Santiago Bernabéu
3
0
O Real Madrid decidiu contra o Eibar de forma rápida. Os brancos, com várias baixas importantes e rotações no onze titular, necessitaram pouco mais de meia hora de jogo para demonstrar claramente que não vão ceder no empenho de lutar pela conquista da Liga, e fecharam uma semana excepcional com 9 pontos conquistados, os que estavam em jogo. Os 13 golos marcados em 7 dias (4,3 por jogo) falam por si mesmos. 

Foi novamente Cristiano Ronaldo quem abriu o marcador. O tento chegou aos 21’ depois de uma falta que converteu o português, mas podia ter marcado três minutos antes se os madridistas não tivessem acertado nos postes em três ocasiões. Modric marcou o canto e o remate de Ramos acertou na trave. Isco, muito atento, fez a recarga e o seu tiro esbarrou primeiro num poste e depois no outro, antes que Chicharito marcasse em fora de jogo.  

Cristiano Ronaldo marcou sete golos nos três últimos jogos. 

O campeão da Europa não dava tréguas ao adversário e aos 31’ aumentou a vantagem. Arbeloa centrou e Chicharito calculou perfeitamente o salto para colocar a bola no fundo das redes com a cabeça. Primeiro golo do mexicano no Bernabéu. Os madridistas faziam os adeptos desfrutarem, e foram para o intervalo com uma vantagem que podia ter sido ainda maior caso Irureta não estivesse tão inspirado nos remates de zona frontal de Marcelo aos 34’ e de Cristiano Ronaldo aos 41’.

Segundo jogo sem sofrer golos 
A segunda metade foi novo monólogo dos locais, mas os madridistas, conscientes que na terça-feira vão visitar o Vicente Calderón para jogar a primeira mão dos quartos da Champions League, não imprimiram a mesma intensidade que na primeira parte. Ancelotti decidiu inclusivamente, antes de chegar aos 65’, dar descanso a Modric, Ramos e Marcelo. Lucas Silva, Pepe e Nacho entraram para os substituir.  

Parecia que ia terminar assim o encontro, mas faltava a pérola de Jesé. O canterano recebeu a bola aos 83’, avançou com o esférico, fugiu a Raúl Navas em velocidade e inventou um remate cruzado indefensável para Irureta. Os brancos mantêm a baliza inviolável pelo segundo jogo consecutivo e já pensam na Champions League.

Buscar