EmiratesAdidas

A passagem à final será decidida no Bernabéu

CRÓNICA. 26/04/2022. Alberto Navarro. Fotógrafo: Antonio Villalba e Helios de la Rubia

O bis de Benzema e o golaço de Vini Jr. deixam em aberto uma eliminatória na qual o Real Madrid vai tratar de dar a volta com os seus adeptos na próxima quarta-feira.

A passagem à final da Champions League será decidida na próxima quarta-feira no estádio Santiago Bernabéu. O bis de Benzema, que cumpriu o seu jogo 600 e já é o melhor marcador da presente edição da competição, e o golaço de Vini Jr. no Etihad Stadium deixam em aberto uma eliminatória na qual o Real Madrid vai tratar de dar a volta junto aos seus adeptos na próxima quarta-feira (20:00 h portuguesa). O conjunto de Ancelotti voltou a dar outra demonstração de sobrevivência depois de estar a perder por dois golos em três ocasiões (2-0, 3-1 e 4-2). “Necessitamos dos adeptos mais do que nunca e vamos fazer uma coisa mágica: que é ganhar”, indicou Benzema no término do encontro. O nosso estádio já se prepara para ajudar a equipa a consegui-lo.

Tudo se complicou desde o princípio. Apenas ultrapassados os dez minutos, o Manchester City já tinha feito o 2-0 com os golos de De Bruyne e Gabriel Jesús. Havia que reagir e Vini Jr. esteve perto de reduzir a desvantagem num disparo que terminou em canto depois de desviar em Stone de forma providencial aos 18’. A nossa equipa subiu as linhas na pressão e o encontro transformou-se em parada e resposta. Podiam ter marcado Mahrez, aos 26’, e Foden, três minutos mais tarde, com dois disparos dentro da área que não encontraram a baliza por pouco. E também Alaba à meia hora com uma cabeçada que foi para fora por centímetros.

Golaço de Benzema
Os pupilos de Ancelotti tinham refreado a pressão inicial do conjunto da casa e reduziram a diferença aos 33’. Centrou Mendy e a bola, depois do colocado remate de Benzema de primeira com o pé esquerdo, embateu no poste antes de terminar no fundo das redes. Rodrygo, dois minutos mais tarde, podia ter empatado com um potente disparo dentro da área que terminou em canto depois do Ederson despejar com os punhos.

vídeo.4-3: A passagem à final será decidida no Bernabéu

O início dos jogadores da casa na segunda metade foi muito parecido ao da primeira. Mahrez acertou no poste num frente a frente com Courtois aos 48’, e na recarga, Carvajal salvou sobre a linha de golo após o remate de Foden. Cinco minutos depois, o avançado inglês não falhou a sua definição com a cabeça na pequena área. A reacção madridista chegou dois minutos depois. Vini Jr. arranca desde o seu meio campo, foge a Fernandinho com uma preciosa finta deixando passar a bola entre as pernas e conduz a toda a velocidade até superar Ederson com um remate cruzado. Golaço.

O ritmo a que se jogava era brutal, e Militão que apareceu de surpresa na área, podia ter feito o 3-3 com uma cabeçada aos 57’ que terminou nas mãos do guarda-redes. O Manchester City voltou a marcar aos 74’ com um grande disparo de Bernardo Silva numa jogada em que antes parecia que o árbitro tinha apitado falta. 4-2 e mais de um quarto de hora pela frente que a nossa equipa aproveitou para fazer o terceiro aos 82’. Benzema fez o seu bis ao transformar à Panenka um penálti por mão de Laporte. 4-3 e o Bernabéu vai ditar a sentença.

Benzema marca há 4 jogos consecutivos na Champions League

Karim Benzema soma e segue e já acumula quatro jogos consecutivos a marcar na Champions League, nos quais fez 9 golos. O avançado francês é ainda, com 14 tentos, o melhor marcador da competição.

Calendário

Timeline

O Árbitro

István Kovács (Roménia), auxiliado por Vasile Florin Marinescu e Ovidiú Artene. Sandro Schärer foi o quarto árbitro e Marco Fritz foi o árbitro assistente de vídeo (VAR).

Pesquisar