EmiratesAdidas
Real Madrid - Sevilla

Zidane: "Têm de explicar-me a regra das mãos"

NOTÍCIA | 09/05/2021 | Eduardo Olivera

"Não fiquei convencido com aquilo que o árbitro me disse, mas as coisas são assim, ele é que apita", disse o treinador.
 
Zinédine Zidane compareceu na sala de imprensa do Alfredo Di Stéfano depois do encontro entre o Real Madrid e o Sevilha. O treinador francês afirmou: “Não percebo nada. Havia mão do Militão, mas também do Sevilha. Não fiquei convencido com aquilo que o árbuito me disse, mas as coisas são assim, ela é que apita. Hoje estou chateado e têm de explicar-me as regras das bolas nas mãos. É o que é e nada vai mudar".

"Estamos contentes com o jogo que fizemos e em especial com uma segunda parte que foi espectacular. Custou-nos atingir o nosso nível nos primeiros 25 minutos, mas a segunda parte foi muito boa. Já não dependemos apenas de nós e resta continuar a lutar até às últimas pela conquista desta Liga”.
 
A equipa deu tudo
“Podemos falar, perguntar e eu respondo, mas por agora nada está resolvido. Temos de pensar nos três jogos que faltam. Estou também aborrecido pelo resultado, pois merecíamos mais. Os jogadores deram tudo dentro do campo e mereciam a vitória".

Já não dependemos apenas de nós, mas vamos lutar até às últimas por esta Liga. 

“Eu confio no futebol. Isso está claro! Confio em todas as pessoas, nos árbitros. Nunca me meti em discussões e não vou fazer. O que acontece é que hoje houve duas mãos e só foi sancionado o lance dentro da área do Real Madrid. Esta é a realidade”.

Recta final
"A esperança existe e é muito grande. Senti os meus jogadores totalmente focados no jogo e desejosos de vencer até ao último minuto. Estou satisfeito com o jogo que fizemos. Vamos à luta, faltam três jogos. Se jogassemos já amanhã a equipa estaria pronta. Agora voltamos a jogar na quinta-feira e no domingo, e vamos concentrar-nos nesses desafios".

Mudança de atitude
“Iniciámos o jogo com dificuldades, enquanto o adeversário mostrava estar bem. Depois do golo foi diferente e estivemos muito melhor. Perante uma exibição destas, merecíamos ter ganho".

Pesquisar