1. Close
    La LigaJornada 14
    vivê-la emEstadio Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    Real SociedadReal Sociedad
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 14
      Estadio Santiago Bernabéu
     11/23/2019
    21:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwitter

  2. Close
    EuroligaJornada 9
    vivê-la emWiZink Center
    Real MadridReal Madrid
    vs
    Khimki  Khimki
    Informação do jogo
    Euroliga, Jornada 9
      WiZink Center
     11/19/2019
    21:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwitter

EmiratesAdidas

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Campazzo

Campazzo: “Vamos dar a vida nesta Final Four”

Ver video

NOTÍCIA | 13/05/2019

“Não é necessária motivação extra quando se joga contra o CSKA porque tem jogadores que te exigem estar a 100%”, indicou.
Facundo Campazzo, MVP de Abril na Euroliga, analisou para os meios de comunicação do clube a Final Four, na qual o Real Madrid tratará de tentar manter o título de campeão europeu: “Vamos dar a vida nesta Final Four. O Real Madrid, em qualquer campo que entre para jogar, é sempre favorito. Depende de nós assimilar essa pressão de forma positiva ou negativa. Somos os últimos campeões, temos o troféu, e jogamos com essa responsabilidade”.

“Na Final Four vivem-se muitas emoções, paixão e se se observar a cara dos jogadores no hotel, vê-se que estão concentrados. As pessoas desfrutam mais assim e apenas temos de agradecer por tanto apoio em cada jogo. Nota-se a força que nos dão os adeptos em cada jogo”.

CSKA
“Considero-me um jogador e uma pessoa competitiva, e não é preciso motivação extra quando se joga contra o CSKA e jogadores do calibre de Sergio Rodríguez ou De Colo. São jogadores enormes, com muito talento, e que em qualquer momento podem criar problemas. Exigem que estejamos a 100% física e mentalmente”.

Somos os últimos vencedores, temos o troféu, e jogamos com essa responsabilidade.

“Por ter jogado como base toda a sua carreira, Laso ajuda muito na hora de enviar alguma mensagem e nós entendemo-lo perfeitamente. Fala a nossa linguagem e dá-nos tranquilidade e confiança. Ajuda-nos em cada treino e jogo em diferentes aspectos, e deixa o jogador actuar livremente, sem restrições”.

O seu momento de forma
“O meu sonho era jogar basquetebol profissionalmente e aos 17 anos consegui cumprir esse sonho. O resto é um extra e um sonho. Estou a desfrutar, vivendo cada momento da melhor forma. Ainda têm que aparecer melhores versões de Campazzo porque estou rodeado de companheiros que me dão a confiança para jogar tranquilo e feliz, porque o corpo técnico me dá tranquilidade para ser eu dentro do jogo e porque me sinto na minha plenitude da física”.

Argentinos na Final Four
“Ginóbili, Prigioni, Nocioni, Scola… colocaram a Argentina na Final Four e agora toca ao Gabriel Deck e a mim. Muita gente vai estar pendente de nós na Argentina”.

Pesquisar