1. Close
    La LigaJornada 18
    vivê-la emEstadio Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    AthleticAthletic
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 18
      Estadio Santiago Bernabéu
     12/22/2019
    21:00
    Comprar entradas VIP

    partilharfacebooktwitter

  2. Close
    EuroligaJornada 13
    vivê-la emWiZink Center
    Real MadridReal Madrid
    vs
    OlympiacosOlympiacos
    Informação do jogo
    Euroliga, Jornada 13
      WiZink Center
     12/12/2019
    21:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwitter

EmiratesAdidas

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Real Betis - Real Madrid

Grande jogada de Carvajal e grande definição de Asensio para fazer o golo 6.000 na Liga

Ver video

NOTÍCIA | 18/02/2018 | Alberto Navarro

“Estamos contentes com a vitória, com o trabalho da equipa e há que continuar assim porque estamos numa boa dinâmica", afirmou o natural de Maiorca.
Real Madrid superou no Benito Villamarín os 6.000 golos na Liga. A equipa atingiu esta cifra histórica com o terceiro tento frente ao Bétis. E a jogada honrou o golo. Carvajal inventou uma espectacular cavalgada na faixa direita, na qual fugiu a todos os adversários que lhe saíram ao caminho, e o seu cento atrasado foi coroado por Asensio com uma magistral definição com o interior do pé esquerdo.

O autor do golo 6.000 disse no final do encontro: "O golo dediquei-o ao Ceballos porque é meu amigo e se marcasse aqui era para lho dedicar. O primeiro que marquei foi para um amigo porque tinha uma aposta com ele e combinamos que se marcasse de cabeça ele rapava o cabelo”.

Boa dinâmica
“Estamos contentes com a vitória, com o trabalho da equipa, e há que continuar assim porque estamos numa boa dinâmica. Eles jogam bem, encontraram espaços e nós melhoramos muito depois do intervalo, e fizemos uma bom jogo”.

Combinamos dentro do balneário ao intervalo que tínhamos que jogar mais subidos e correu bem.  

“Sabemos que o Bétis joga bom futebol. Começamos bem, eles pressionaram, mas combinamos dentro do balneário ao intervalo que tínhamos que jogar mais subidos e correu bem”.

Na história do clube
Asensio junta-se, assim, a uma longa lista de goleadores estreada por Lazcano diante do Europa em 1929. Pahíño marcou o 1.000 em Bilbau (1950). O segundo milhar foi obra de Gento frente ao Pontevedra (1963) e o terceiro assinou-o Juanito em Salamanca (1981). Foi preciso esperar 13 anos para que Zamorano, em Valhadolid, fizesse o 4.000 e o quinto milhar chegou contra o Numancia e teve a assinatura de Guti em 2008. O Barcelona, com 5.962 tentos, é o seguinte na classificação de maiores goleadores da história da Liga.

Pesquisar