1. Close
    La LigaJornada 18
    vivê-la emEstadio Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    AthleticAthletic
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 18
      Estadio Santiago Bernabéu
     12/22/2019
    21:00
    Comprar entradas VIP

    partilharfacebooktwitter

  2. Close
    Liga EndesaJornada 12
    vivê-la emWiZink Center
    Real MadridReal Madrid
    vs
    San Pablo BurgosSan Pablo Burgos
    Informação do jogo
    Liga Endesa, Jornada 12
      WiZink Center
     12/08/2019
    20:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwitter

EmiratesAdidas

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Real Madrid - Celta

7-1: O Real Madrid goleou com um poker de Cristiano Ronaldo

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 05/03/2016 | Alberto Navarro

Os quatro tentos do português, e os de Pepe, Jesé e Bale rubricaram uma vitória espectacular frente ao Celta.
  • Liga BBVA
  • Jornada 28
  • 05/03/2016
Santiago Bernabéu
7
1
O Real Madrid, guiado pela grande exibição de Cristiano Ronaldo, assinou uma goleada espectacular frente ao Celta. Tudo se resolveu na segunda metade, já que na primeira, que foi emocionante, apenas se viu um golo. O Celta foi o primeiro a avisar. Centro de Orellana aos 13’ e Aspas, da marca de pénalti, acertou no poste com um remate de cabeça. Na recarga, Navas fez uma demonstração de reflexos e defendeu o disparo do avançado galego.  

A reacção dos jogadores da casa apenas demorou sete minutos. Cristiano Ronaldo, descaído para a esquerda, fintou um defesa com uma bicicleta e obrigou Rubén Blanco a realizar uma grande estirada ao seu disparo forte de zona frontal. Nova ocasião tiveram os brancos antes de se chegar a meio da primeira parte. Foi na sequência de um canto no qual Pepe passou do segundo poste, e Isco controlou, enganou um adversário e disparou, mas Rubén Blanco, sobre a linha de golo evitou novamente que os brancos se adiantassem. 

O primeiro tento
Os jogadores da casa causavam muitos estragos de bola parada, e aos 40’ verificou-se isso outra vez. Isco marcou a falta e Casemiro surpreendeu todos ao rematar de cabeça ao segundo poste. Quando já se cantava golo, o guarda-redes dos visitantes apareceu de novo com uma mão salvadora que enviou o esférico para fora. Foi o prenuncio do primeiro golo do encontro. Isco marcou o canto, e Pepe, de cabeça, colocou a bola dentro da baliza. 

PEPE ESTREOU-SE A MARCAR ESTA TEMPORADA. 

Assim chegou o intervalo, apesar de aos cinco minutos do recomeço os brancos aumentarem a vantagem. O golo foi de belo efeito. Cristiano Ronaldo controlou na zona intermediária, correu metros com a bola colada ao pé e perto da entrada da área disparou um míssil contra o qual Rubén Blanco nada pôde fazer. 

Outra obra de arte
A exibição do português não acabou ali. Apenas oito minutos depois do golo espectacular que marcou, facturou outro golo vistoso. Desta vez de livre. Cristiano colocou cuidadosamente o esférico em zona frontal, e marcou com tal maestria por cima da barreira que Rubén Blanco ficou a ver a bola entrar. Bis do luso, que podia ter marcado outro aos 60’. Foi em novo livre, ainda que um pouco mais longe que o anterior, e só evitaram o golo a mão do guarda-redes do Celta e o travessão da baliza depois de lá acertar o esférico.  

'Hat-trick' num quarto de hora
Aspas reduziu a desvantagem aos 62’ mas o Bernabéu não teve de esperar muito para ver o hat-trick de Cristiano Ronaldo, que aproveitou uma grande assistência de Isco dois minutos mais tarde. Acabam-se os adjectivos para o melhor marcador da história do clube, que já ultrapassou Zarra como segundo melhor marcador da Liga e atingiu os 350 golos oficiais com o Real Madrid. Apenas ele consegue fazer o impensável, como aconteceu aos 76’. Jesé marcou o canto, e o português, de cabeça, fez o poker.  

Jesé e Bale colocaram a cereja no topo do bolo 
Apenas um minuto depois, e na sequência de um canto do Celta, Jesé marcava o sexto, depois de grande jogada pessoal e Bale, que entrou aos 65’ para o lugar de Isco, fez o golo num bonito remate cruzado de zona frontal aos 81’ para fechar a goleada. Magnífica vitória, cimentada numa espectacular segunda metade, na qual se marcaram seis golos. Agora, toca a pensar na Roma.

Pesquisar