EmiratesAdidas
Real Madrid-Atletico de Madrid

0-1: O Real Madrid tentou até ao final

CRÓNICA | 28/09/2013 | Alberto Navarro

Os brancos lutaram até ao último momento, mas o golo madrugador de Diego Costa deu ao Atlético a vitória no dérbi disputado no estádio Santiago Bernabéu.
  • Liga BBVA
  • Jornada 7
  • 28/09/2013
Santiago Bernabéu
0
1
O Real Madrid regressava ao seu estádio para defrontar outra equipa madrilena. Depois de ter ganho ao Getafe no Santiago Bernabéu, os brancos mediam-se agora com o Atlético, no encontro mais interessante da jornada. O dérbi não começou da melhor forma para os madridistas. Passe de Koke e, aos 11’, Diego Costa superou Diego López no mano a mano.

Era precisa uma nova reviravolta. Algo que não assustava o Real, que já tinha dado a volta ao marcador em duas das três partidas disputadas em casa nesta temporada. Benzema, com dois remates de cabeça após passes de Di María, tentou o golo aos 23’ e 26’, mas Courtois respondeu bem ao primeiro e no segundo a bola saiu a escassos centímetros da baliza visitante. Cristiano Ronaldo, também com uma cabeçada após passe do argentino, dispôs da última oportunidade da primeira parte mas o esférico saiu alto.

Após o intervalo, Ancelotti fez entrar Bale, estreando-se no Bernabéu, e Modric, para os lugares de Illarramendi e Di María. Os brancos empurraram o adversário, que se limitava a pressionar a saída de bola dos madridistas e a jogar com o tempo. Podia, inclusivamente, ter marcado o segundo num contra-ataque em que Diego Costa surgiu isolado na cara de Diego López, mas o guarda-redes dos donos da casa esteve mais acertado.

MORATA PODIA TER CONSEGUIDO O EMPATE NUM ESPECTACULAR REMATE NA RECTA FINAL.

A partir daí só deu Real Madrid e Bale, aos 65’, e Cristiano Ronaldo, cinco minutos depois, estiveram perto de empatar a partida, com dois tiros da zona frontal da área. O Atlético queria resolver o encontro no contra-ataque e Koke rematou à trave aos 80’. Faltavam dez minutos para jogar e os madridistas continuavam a tentar tudo.

Num jogo de bola cá bola lá, o empate podia ter surgido aos 84’. Cruzamento de Khedira e remate espectacular de tesoura de Morata, no ar, que obrigou Courtois a brilhar. Cinco minutos mais tarde, nova oportunidade para os donos da casa. O remate de meia distância de Modric quase surpreendia o guardião visitante. Não foi, no entanto, a última ocasião e Morata, aos 90’, enviou a bola escassos centímetros ao lado da baliza do Atlético. Os brancos tentaram até ao final mas, desta vez, não conseguiram.

21

Avançado

25

Guarda-redes

Buscar