LazoGanadores de Champions LeagueOtro

Rodrygo: “Entrar para ganhar todas as finais é a mentalidade da equipa"

NOTÍCIA. 02/08/2022

“Vai ser muito especial jogar a Supertaça". afirmou aos meios oficiais da UEFA.

Rodrygo Goes concedeu uma entrevista aos meios oficiais da UEFA. O avançado falou sobre o primeiro jogo oficial da equipa esta época, frente ao Eintracht Frankfurt, correspondente à final da Supertaça Europeia: “Nunca joguei uma Supertaça da Europa. Só disputei a de Espanha e creio que será fantástico. Quero disputá-la todos os anos. Para isso, temos de ganhar a Champions League e quero ganhar sempre a Champions. Para mim vai ser muito especial. Em todas as finais esquecemos o nome da competição e só queremos ganhar. Seja a Superaça, a Champions ou o que seja, entramos sempre para ganhar. É a mentalidade da nossa equipa".

"Cresci em todos os aspectos. Treino e trabalho todos os dias para melhorar como pessoa e como jogador. Agora sou mais maduro, relaciono-me com gente mais velha que me ensina muitas coisas.Também como jogador, jogando com os melhores do mundo. Cada dia vou aprendendo e melhorando".

Sonho cumprido
​"Por vezes dou comigo a dizer: Meu Deus, ganhei uma Champions! Ainda me custa a acreditar que a conquistei. Foi sempre um dos meus maiores sonhos: jogar no  Real Madrid e ganhar a Champions. E consegui-o com apenas 21 anos. Creio ser difícil assimilar o que consegui. Mas não foi só na Champions, já que ganhei a Liga duas vezes, outras duas a Supertaça de Espanha e agora a Champions. Creio que não podia ser melhor".
 
Modrić
“Ajuda-me muito. Torna-se mais fácil jogar com ele, pela qualidade que tem. É como um pai para mim".
 
Ancelotti
“O que acontece com ele é que ganha sempre. Ele é um fenômeno. Tem sucesso por onde passa e aqui não poderia ser diferente. Fez um trabalho espectacular connosco desde o dia em que chegou."

vídeo.Rodrygo: Siempre salimos a ganar, es la mentalidad de nuestro equipo

"Estou sempre a relembrar o que nos disse na pré-temporada, os conselhos que nos deu. Durante a temporada a equipa continuou a crescer e a melhorar, tivemos poucos momentos maus e no final correu tudo bem". 
 
Momento pessoal
“Quero marcar mais golos, fazer mais assistências e jogar mais tempo. Creio que estou a melhorar e a jogar melhor cada temporada. No meu primeiro ano, creio que estive bem, no segundo não pude jogar muito por causa da lesão grave que tive e na terceira temporada estive melhor. Na próxima época, creio que vou estar melhor do que nas anteriores".

"Não gosto de apontar objectivos. Não quero pensar que tenho de fazer um determinado número de golos ou assistências. Não gosto disso. A única coisa que penso é em ser melhor do que na época anterior. Quero jogar melhor o jogo seguinte, esses são os meus objectivos".
 
Pressão
“É mais divertido jogar com pressão. Jogar sem haver nada em jogo não tem graça, especialmente quando falamos de desporto e competitividade. É bom ter essa pressão”. 

Pesquisar