LazoGanadores de Champions LeagueOtro
Inter de Milán - Real Madrid

0-2: O Madrid vence em San Siro e dá outro passo a caminho dos oitavos

GaleriaVideo

CRÓNICA | 25/11/2020 | Alberto Navarro | FOTÓGRAFO: Antonio Villalba (Milão)

Um penálti convertido por Hazard e um remate de Rodrygo, que desviou em Hakimi, dão três importantes pontos ao Real Madrid na Champions.
 
  • Champions League
  • Jornada 4
  • Qua, 25 Nov
San Siro
0
2
O Real Madrid somou em San Siro, o palco da Décima Primeira, três importantes pontos para o objectivo de se qualificar para os oitavos-de-final da Champions League. A vitória começou a ganhar forma numa excelente primeira metade, onde a equipa se adiantou após um penálti sobre Nacho transformado por Hazard, e confirmou-se na segunda, na primeira vez que tocou na bola Rodrygo. O conjunto de Zidane, que se mostrou muito sólido, é segundo do grupo, a um ponto do Borussia Mönchengladbach, e com três de vantagem sobre o Shakhtar Donetsk e cinco sobre o Inter de Milão.

A primeira parte madridista foi para recordar. A equipa entrou dominadora e adiantou-se aos seis minutos. Grande passe entre linhas de Ødegaard para Nacho, que quando ia rematar foi travado dentro da área por Barella. Hazard converteu o penálti no 0-1. Os pupilos de Zidane continuaram a atacar e estiveram perto de ampliar a vantagem aos 13’, mas o poste repeliu o disparo de longe de Lucas Vázquez.

Vidal, expulso
As ocasiões sucediam-se e Hazard tentou aos 28’ com um potente disparo dentro da área que obrigou Handanovic a despejar com as duas mãos. No minuto 33, o Inter ficou com um jogador a menos pela expulsão por duplo amarelo de Vidal na mesma acção de protesto.

Quando faltam duas jornadas, o Madrid tem três pontos de vantagem sobre o Shakhtar e cinco sobre o Inter.

O Inter de Milão, consciente de que este resultado complicava a qualificação, adiantou as linhas depois da passagem pelos balneários e começou a rondar a área madridista. Zidane sustituiu aos 59’ Ødegaard e Mariano por Casemiro e Rodrygo. As alterações não podiam ser mais felizes já que o avançado brasileiro foi decisivo na primeira vez que tocou na bola. Centro medido de Lucas Vázquez ao segundo poste e Rodrygo, sem deixar cair, rematou com o pé direito. A bola desviou em Hakimi antes de superar Handanovic.

Controlo madridista
O golo causou muitos estragos à equipa da casa, que ficou à mercê de um Real Madrid que atacava com posses longas e deixava correr os minutos com a bola nos seus pés. Continuavam a dispor de ocasiões e Lucas Vázquez podia marcar o terceiro golo com um vólei dentro da área que teve como destino a lateral da rede. Já aos 82’ apareceu o primeiro disparo do conjunto da casa enquadrado entre os três postes. O remate cruzado foi de Perišić, que encontrou como resposta uma grande estirada de Courtois. Importante vitória em San Siro do Real Madrid.

Pesquisar