EmiratesAdidas
Real Madrid - Athletic

Zidane: “Demos mais do que 100% mas faltou-nos o golo”

Ver video

NOTÍCIA | 22/12/2019 | Javier Vázquez | FOTÓGRAFO: Antonio Villalba

“Tivemos três remates aos ferros e a bola hoje não quis entrar”, disse o treinador.
Zinedine Zidane falou aos meios de comunicação após o último encontro do ano, que teve lugar no Santiago Bernabéu contra o Atlético de Bilbau. O técnico afirmou: "Os jogadores fizeram outra vez uma grande partida, mas voltou a faltar o golo. No futebol é preciso meter a bola, tivemos três ou quatro oportunidades na primeira parte que se tivéssemos marcado o jogo poderia ser diferente. Isto é futebol e são fases. São dois jogos sem marcar, mas temos que estar tranquilos porque o trabalho feito hoje voltou a ser fenomenal”.

“A sensação é de estar chateado pelos meus jogadores porque mereceram mais. Com o jogo que fizemos, por eles, gostaria que tivéssemos feito um golo. Não foi possível, mas o importante é sempre dar 100% e penso que hoje demos mais do que 100% novamente. Faltou-nos o golo, mas em termos de jogo não posso apontar nada aos meus jogadores”.

Evolução
“Estou muito satisfeito com a evolução da equipa. Tivemos dificuldades no início da temporada, mas agora estamos muito melhor e defensivamente fortes, melhores a cada dia. Hoje faltou-nos o golo, mas o importante é criar as oportunidades e de certeza que vamos mudar isto em 2020”.

Ramos como avançado
“Sempre que falta pouco tempo para acabar o jogo, o Sergio costuma subir um poouco mais. Com Bale e Modric a jogarem mais por fora no final, penso que estivemos bastante bem e o remate de Nacho… infelizmente não foi possível”.

TRÊS PONTOS EM TRÊS JOGOS É MUITO POUCO PARA AQUILO QUE DEMOS EM CAMPO.

“Eles estão no campo e lutam, correm e dão tudo. Hoje deixaram tudo o que tinham dentro e eu também. Olho sempre para o lado positivo e o positivo é que temos estado bem ultimamente. Três pontos em três jogos é muito pouco para aquilo que demos em campo”.

Adeptos do Bernabéu
“Nós precisamos dos adeptos e queremos que as pessoas venham ver os seus jogadores. É isso que estão a fazer. Aquilo que as pessoas querem é ver os seus jogadores darem tudo em campo e é o que ultimamente estamos a fazer. Estão orgulhosos dos jogadores. Há que continuar, a Liga é difícil e complicada e será assim até ao final. Vamos ter de lutar por ela”.

Falta de golo
“Logo após o jogo estava a falar com os jogadores. O mais importante é ter dado tudo em campo. Por vezes no futebol a bola não entra e hoje não quis entrar. Tivemos três remates aos ferros. Temos que estar tranquilos, temos uma equipa de qualidade, sabemos que podemos marcar e vamos mudar isto com base em paciência e tranquilidade. De certeza que vamos mudar”.

Vai pedir um avançado como prenda de reis?
“Não. Claramente não”.

Falta um Cristiano Ronaldo?
“Não. Falta-nos apenas continuar, porque isto são fases. São apenas dois jogos em que não fizemos golos e o futebol é assim. Quando voltarmos ao trabalho, e a ganhar, vamos ultrapassar isto. O que precisamos é de continuar a fazer as coisas bem a todos os níveis”.

Pesquisar