EmiratesAdidas
Alavés - Real Madrid

1-2: Vitória e liderança no Mendizorroza

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 30/11/2019 | Alberto Navarro

Os golos de Sergio Ramos e Carvajal dão três importantes pontos ao Real Madrid frente ao Alavés.
  • La Liga
  • Jornada 15
  • Sáb, 30 Nov
Estadio de Mendizorroza
1
2
O Real Madrid somou três importantes pontos no Mendizorroza e é líder provisório da Liga. A vitória foi tão trabalhada como merecida, já que até hoje nenhum visitante tinha sido capaz de marcar dois golos no estádio do Alavés, e foi alcançada na segunda metade, na qual se assistiu aos três tentos do encontro.

Apesar da primeira aproximação à área adversária ter sido para a equipa da casa, que reclamou penálti num acção de Aleix Vidal com Militão, todas as jogadas de perigo neste período tiveram a assinatura dos madridistas. Aos dez minutos, centrou Isco e Ximo Navarro, na tentativa de despejar, mandou a bola ao poste da sua baliza. Oito minutos mais tarde surpreendeu Carvajal com uma desmarcação nas costas da defesa do Alavés. O lateral controlou e cedeu atrás a Isco, que rematou alto dentro da área.

Ocasiões 
O domínio era do Real Madrid, que tentava superar a povoada defesa do conjunto basco. Tentou fazê-lo com uma infinidade de diagonais e também tentou Bale à meia hora com um rápido lançamento lateral para Benzema, que com um toque mandou o esférico para a zona frontal da área. Isco rematou para as mãos de Pacheco. Muito mais perigo criou o disparo de longe de Casemiro aos 37’, que obrigou o guarda-redes da casa a brilhar. 

Já marcaram esta temporada 14 jogadores do Real Madrid.

Tudo mudou após a passagem pelos vestiários e o Real Madrid superou o muro do Alavés de bola parada. Sob uma chuva que já era torrencial, Kroos marcou um livre frontal aos 52’ e Ramos apareceu para desviar de cabeça com precisão e bater Pacheco com o seu terceiro golo na Liga. No minuto 64, o árbitro assinalou penálti do capitão sobre Joselu e Lucas Pérez igualou o encontro.

Decisivo golo de Carvajal
Havia que reagir e o Real Madrid fê-lo em cinco minutos. Centrou Modric aos 69’, Isco entrou com tudo para rematar de cabeça, e depois da bola desviar em Pacheco e em seguida no poste, apareceu Carvajal para a enviar para o fundo das redes. A partir daí, os blancos mantiveram a vantagem obtida para alcançarem um trabalhado triunfo num encontro que se prolongou até ao minuto 98. Inclusivamente podiam ter ampliado a vantagem aos 96’, mas o disparo de Valverde diante de Pacheco foi para fora. 

Pesquisar