EmiratesAdidas
Valladolid - Real Madrid

Benzema: "Temos que ganhar os 11 jogos que nos faltam"

NOTÍCIA | 10/03/2019 | Javier García (Valladolid)

"Reagimos bem e a segunda metade foi nossa", declarou Nacho.
Real Madrid venceu 1-4 o Valladolid no José Zorrilla num jogo em que Benzema marcou dois golos. No término do encontro, o avançado disse: “Ganhamos um jogo importante e vamos continuar assim até final. Temos que trabalhar, ganhar os 11 jogos que nos faltam e desfrutar do futebol. O futebol é assim, por vezes ganhamos e por vezes não. Temos uma boa equipa. As pessoas têm que estar connosco”.

“Nós queremos ir até final em todas as competições. No jogo contra o Ajax, que era muito importante, os adeptos estiveram connosco. Não podemos esquecer que ganhamos muitas coisas, isso é importante e muito difícil porque os adversários são mais fortes”.

Cristiano
“Cada um pensa o que quiser. Cristiano não está em Madrid, temos que pensar em nós e ajudarmos todos para ganhar. Isso é o futebol”.

Continuidade do treinador 
“Oxalá continue Solari, mas são assuntos do clube. Estamos com ele".

Mourinho
"Tenho um treinador agora e isso é um tema do clube".

Nacho: "A obrigação é ganhar e foi o que fizemos".

“O balneário está sempre unido, se não hoje não tínhamos ganho. O que se passa no balneário fica no baneário. Eu vejo os meus companheiros e o treinador muito bem. Estamos todos juntos”.

Nacho: "A segunda metade foi nossa"
“A primeira parte foi de loucos. Entramos despistados, desordenados e eles entraram muito fortes. Com o VAR tivemos sorte. Reagimos bem, terminando bem a primeira parte e a segunda metade foi nossa”.

“Estamos a viver uma semana complicada, mas não há desculpas. Tínhamos que entrar forte, apesar do Valladolid ter muito em jogo. Nós hoje jogávamos o orgulho”.

Ano complicado
“Sabemos que é um ano complicado. Não estamos habituados a não lutar por nada a esta altura. Este clube é exigente no dia a dia. Em cada jogo temos de entrar para ganhar e defender bem este emblema. A obrigação é ganhar e foi isso que fizemos. A situação não é idónea”.

Solari
"Não estão a sair as coisas. Solari é o nosso treinador e a nossa obrigação é trabalhar em campo”.

Buscar