EmiratesAdidas
Real Madrid - Barcelona

0-1: O Real Madrid tentou até ao final

Ver galeria

CRÓNICA | 02/03/2019 | Alberto Navarro

Os blancos não conseguiram vencer o Clássico da Liga e já pensam no jogo da Champions contra o Ajax.
  • Taça do Rei
  • meias-finais (Segunda mão)
  • 27/02/2019
Santiago Bernabéu
0
3
O Real Madrid merecia mais no Clássico da Liga mas um golo de Rakitic na primeira metade não permitiu pontuar. O primeiro quarto de hora foi para a equipa da casa, que teve duas ocasiões. Benzema rematou cruzado aos 10’ e três minutos depois tentou Kroos de zona frontal, mas o esférico chegou às mãos de Ter Stegen depois de desviar em Arthur. Responderam os visitantes aos 19’. Messi combinou com Suárez e isolou-se frente a Courtois, mas não acertou na baliza.

Passavam os minutos e a melhor oportunidade da primeira metade apareceu aos 23’. Vinicius Jr. desequilibrou na faixa lateral, cedeu o esférico a Benzema e este a Modric, que disparou dentro da área. Piqué evitou o tento sobre a linha de golo. Três minutos mais tarde adiantou-se o Barcelona com um remate picado de Rakitic no frente a frente com Courtois. Havia que dar a volta e o Real Madrid podia ter ido para os balneários com o resultado empatado, mas o disparo de Reguilón de zona frontal não acertou na baliza aos 32’ e a cabeçada de Modric desde a marca de penálti a passe de Carvajal, também de cabeça, saiu por cima mesmo antes do descanso.

Ocasiões
O Real Madrid meteu mais uma velocidade depois do regresso dos balneários e gerou uma clara oportunamente com o remate de Vinicius Jr., que obrigou Ter Stegen a intervir aos 56’. Dois minutos depois centrou Jordi Alba e Carvajal, na tentativa de aliviar, esteve perto de introduzir a bola na própria baliza. O encontro tinha-se transformado em parada e resposta, e sucediam-se as jogadas de perigo. Reguilón recuperou o esférico dentro da área aos 60’ e o remate de Vinicius Jr. embateu em Lenglet quando ia para golo.

Luta até ao final  
Os minutos passavam e o Real Madrid continuava a lutar para tentar marcar até ao final. Cada vez mais fazia recuar os visitantes, que tentavam surpreender no contra-ataque. Tentou Benzema aos 87’ com um disparo de zona frontal que obrigou Ter Stegen a brilhar e Varane, já nos descontos, também podia ter empatado com um remate de cabeça na pequena área. Agora toca a pensar no encontro da segunda mão dos oitavos da Champions contra o Ajax na terça-feira.
Buscar