1. Close
    Classic MatchCorazón Classic Match 2019
    vivê-la emSantiago Bernabéu
    Real Madrid LeyendasReal Madrid Leyendas
    vs
    Chelsea LegendsChelsea Legends
    Informação do jogo
    Classic Match, Corazón Classic Match 2019
      Santiago Bernabéu
     06/23/2019

    partilharfacebooktwittergoogle +

EmiratesAdidas

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

    Real Madrid - Barcelona

    0-3: O Real Madrid fica às portas da final da Taça

    CRÓNICA | 27/02/2019

    Os blancos tiveram numerosas ocasiões e mandaram durante muitos minutos mas não acertaram na finalização. 
    • Taça do Rei
    • meias-finais (Segunda mão)
    • 27/02/2019
    Santiago Bernabéu
    0
    3
    O Real Madrid não irá disputar a final da Taça do Rei. Os blancos perderam frente ao Barcelona num jogo que dominaram durante muitos minutos e no qual dispuseram de numerosas ocasiões para marcar. No entanto, a falta de pontaria acabou por castigar os jogadores de Solari. Com o apoio de um Bernabéu espectacular, os jogadores da casa começaram a mandar guiados por um Vinicius muito activo. O brasileiro criava perigo cada vez que tocava na bola. No minuto 14 caiu dentro da área ao ser derrubado por Semedo mas o árbitro não apitou penálti.

    Pouco a pouco, os blancos tomaram conta do jogo e começaram a criar oportunidades sucessivas. Quase todas tinham Vinicius como protagonista. Primeiro, disparou alto dentro da área, e depois, encontrou pela frente Ter Stegen num remate forçado. Enquanto isso, o Barcelona procurava elaborar desde atrás e só colocava em apertos Navas quando encontrava Dembélé. Quando parecia que os azul grenás se estavam a aproximar da área adversária, apareceu outra oportunidade para o conjunto de Solari. Aos 36’, um roubo de Casemiro deixou Vinicius em posição de disparo, mas Lenglet rechaçou e Benzema não acertou ante Ter Stegen em segunda instância. E aos 38’, Vinicius rematou alto após um bom centro de Reguilón. Boa primeira parte madridista, na qual só faltou o golo.

    Ocasiões
    O segundo período começou com a mesma dinâmica. O Madrid queria continuar a mandar para se adiantar no marcador. Mas foi o Barcelona que fez o 1-0 no seu primeiro disparo à baliza do jogo. Passe atrasado de Dembélé e remate de primeira de Suárez para o fundo das redes (50’). O golo animou os blancos, que continuavam a acumular ocasiões. Kroos tentou de zona frontal e Casemiro cabeceou um livre.

    Faltava meia hora e o Madrid estava ligado à corrente. Reguilón, incansável pela esquerda, fez um perigoso centro que Lucas não rematou por pouco. O Barcelona, por seu lado, esperava pela sua oportunidade no contra-ataque. Aos 63’, outra sensacional jogada de Vinicius acabou num remate de cabeça de Reguilón que Ter Stegen despejou com nova grande estirada. Depois de um disparo de Carvajal agarrado pelo guarda-redes e outra ocasião de Vinicius após fintar Piqué e Semedo, chegou a sentença do Barcelona. Dembélé centrou desde a direita e Varane, ao tentar despejar, marcou na própria baliza (69’). Quatro minutos mais tarde, Casemiro cometeu penálti sobre Suárez e o uruguaio fez o definitivo 0-3. Castigo excessivo para o Real Madrid.
     
    Buscar