Solari: “A equipa realizou um jogo sólido e alegre no ataque”

“Este encontro permite-nos verificar que há muitos jogadores que estão bem e comprometidos”, declarou o treinador blanco.
Santiago Solari analisou a vitória do Real Madrid frente ao Melilla (6-1) no encontro da segunda mão dos dezasseis avos de final da Taça do Rei e a qualificação para a ronda seguinte: “O jogo de hoje permite verificar que há muitos jogadores que estão bem, comprometidos, que realizaram um jogo sólido e com alegria no ataque”.

“Não importa a divisão em que joga o adversário. É líder no seu grupo da Segunda B. Fazer 10 golos em dois jogos é difícil e estou contente por todos que participaram hoje, pelos mais velhos e pelos canteranos que tiveram a oportunidade de se estrearem, casos de Fidalgo e Fran García. Dá-me também especial satisfação o golo de Javi Sánchez, que vai guardá-lo na memória”.

Posições
“Vinicius joga pela esquerda e corrigimos as posições. Não tenho problema em que rodem se o fazem de forma ordenada e se cumprem defensivamente. Gosto de dar liberdade aos jogadores. Carvajal teve mais pelo lado esquerdo; Odriozola menos porque é mais jovem. Estamos contentes que tenha voltado a jogar e que tenha jogado bem”.

Faltam três encontros muito importantes antes do Mundial de Clubes.

Estou muito contente por Isco, pelos dois golos e fiquei com pena da que desviou no guarda-redes no seu primeiro disparo. Trabalhamos para que todos estejam em forma e comprometidos. Estou feliz por ele e por Asensio também, que fez outros dois golos e quase fez um terceiro”.

Asensio e Vinicius
“Todos podem ser titulares, senão não estariam aqui. Têm que jogar onze e uma parte do meu trabalho é escolher os que jogam. Estou muito contente com cada um dos jogadores que jogaram, desde Navas a Mariano, que foi a única nota negativa pela lesão no final”.

Mundial de Clubes
“Não há tempo para pensar nisso. Não conhecemos todos que vão participar ainda. A final da Libertadores é aqui no domingo. Colocamos o foco no mais imediato e ainda falta algum tempo. Há muitos jogos pelo meio. São três, dois da Liga muito importantes para nós, e outro da Champions. Depois temos tempo para pensar no Mundial de Clubes. É uma competição que me encanta e que me parece importante”.