EmiratesAdidas

Real Madrid - Valencia

2-0: Vitória importante contra o Valência

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 01/12/2018 | Alberto Navarro

Os golos de Wass, na própria baliza, e Lucas Vázquez dão o triunfo ao Real Madrid no Bernabéu.
  • La Liga
  • Jornada 14
  • 01/12/2018
Santiago Bernabéu
2
0
O Real Madrid derrotou o Valência no seu regresso ao estádio Santiago Bernabéu. A equipa dominou desde o início e podia-se ter adiantado aos três minutos. Centrou Bale, e Benzema, com um precioso vólei com o pé esquerdo, rematou ligeiramente desviado. O golo apareceu cinco minutos mais tarde. Carvajal, descaído, recuperou o esférico na área frente a Gabriel Paulista, fintou Gayá e centrou. Wass, na tentativa de aliviar, marcou de cabeça na sua baliza. 

Os jogadores de Solari já tinham conseguido o mais complicado: colocarem-se em vantagem frente à equipa menos goleada da Liga. Não se conformaram e queriam aumentar essa vantagem. Estiveram perto de o coneguir cerca da meia hora. Bale controlou na área, ajeitou o esférico para o pé esquerdo e o remate obrigou Neto a brilhar. Mais duas ocasiões que teve o conjunto da casa antes do intervalo. Ambas de fora da área. Primeiro tentou Benzema aos 36’, e depois, Bale. Os seus disparos não acertaram na baliza por pouco. Excelente primeira metade dos blancos, que anularam completamente o seu adversário. 

SEGUNDO ENCONTRO CONSECUTIVO SEM SOFRER GOLOS. 

O guião mudou após a passagem pelos vestuários e o Valência começou a criar mais oportunidades. Centrou Carlos Soler aos 51’, a bola passeou pela área e obrigou a uma grande estirada de Courtois. Mais clara foi a chance de Santi Mina dois minutos mais tarde. Parejo inventou uma grande assistência desde o seu meio campo e o avançado dominou a bola, mas não conseguiu superar o guardião madridista no frente a frente. 

Ocasiões
No minuto 65, Parejo marcou uma falta, Coquelin penteou com a cabeça e Gabriel Paulista, ao segundo poste, rematou elevado. Solari fez entrar Asensio por Bale, e depois Valverde por Modric. O natural das baleares teve a possibilidade de marcar o terceiro após uma grande jogada de Marcos Llorente. O seu remate na pequena área embateu no corpo de Piccini.

O tempo ia passando até que no minuto 83 Lucas Vázquez sentenciou, ao aproveitar com o pé esquerdo uma nova assistência de Benzema. Como já acontecera em Roma, funcionou novamente a associação entre o francês e o canterano. Segundo encontro consecutivo sem sofrer golos e quinto nos sete disputados desde que Solari tomou conta do banco. 

Buscar