EmiratesAdidas

Bayern de Múnich - Real Madrid

1-2: O Real Madrid dá a volta e derrota o Bayern em Munique

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 25/04/2018

Os golos de Marcelo e Asensio respondem ao tento de Kimmich e dão vantagem ao campeão europeu numa meia-final que será resolvida na terça-feira no Bernabéu.
  • Champions League
  • meias-finais (primeira mão)
  • 25/04/2018
Allianz Arena
1
2
O Real Madrid não atingiu as últimas oito meias-finais da Champions por acaso. O vencedor das duas últimas Taças dos Campeões Europeus exibiu na Allianz Arena força, solidez e trabalho para ganhar 1-2 ao Bayern e ganhar vantagem na eliminatória. Os golos de Marcelo e de Asensio deram a volta ao tento de Kimmich para se alcançar um grande resultado que o Madrid terá de certificar no Santiago Bernabéu na próxima terça-feira para estar na final.

O jogo arrancou com um ritmo frenético. Em apenas cinco minutos, as duas equipas já tinham atacado com perigo a área adversária. Kroos protagonizou a primeira aproximação madridista. O Bayern, que procurava fazer um futebol directo e pressionava muito alto, perdeu cedo Robben por lesão. Thiago substituiu o holandês aos 8’. Enquanto isso, o conjunto de Zidane tentava impôr a sua superioridade no centro do campo com posses de bola longas. O primeiro disparo à baliza do jogo foi de Rafinha aos 19’, ao que respondeu Carvajal pouco depois. Ambos foram defendidos por Keylor e Ulreich.

Golos
Quando estava melhor o Madrid, apareceu o golo do Bayern. Uma rápida transição pela direita terminou numa assistência de James para que Kimmich fizesse o 1-0 (28’). Heynckes viu-se obrigado a substituir Boateng, também por lesão, e fazer entrar Süle. Com o marcador favorável, o Bayern foi para o ataque. Hummels esteve perto de fazer o segundo após um canto, e depois, Ramos afastou um disparo de Müller dentro da área. Então apareceu a força dos jogadores de Zidane. Aos 44’, Marcelo empatou com um remate de pé esquerdo de zona frontal após um passe de Carvajal desde a direita. Antes do intervalo, Lewandowski e Müller podiam ter marcado na sequência de lances de bola parada, mas o primeiro tempo terminou 1-1.
 

MARCELO MARCOU NOS OITAVOS, QUARTOS E MEIAS-FINAIS DA CHAMPIONS.

Isco cedeu o lugar a Asensio no recomeço. A luta de estilos continuou no segundo período. Ribéry deu o primeiro aviso com um perigoso centro que não encontrou rematador. A verticalidade do extremo francês liderava os ataques do Bayern. O Madrid, por seu lado, procurava fazer jogadas elaboradas para chegar à área adversária. Mas o jogo estava fora do controlo. E nesse vai e vem, os blancos aproveitaram um erro dos alemães para se colocarem na frente. Rafinha falhou o passe, e Lucas e Asensio fazem um contra-ataque perfeito que o natural de Maiorca resolveu com maestria picando a bola (57’).

O Bayern continuou a atacar. Ribéry obrigou Keylor Navas a empregar-se a fundo em duas ocasiões quase consecutivas. O perigo aparecia pelo lado esquerdo e também através de jogadas de bola parada dos alemães. O Madrid podia matar o jogo em contra-ataque. Aos 71’, Cristiano marcou com um disparo cruzado, mas a jogada foi anulada porque dominou a bola com o braço. Cinco minutos depois, Benzema que tinha substituído o lesionado Carvajal, colocou à prova Ulreich. Aos 88’, Lewandowski desviou em excesso frente a Keylor, e nos descontos Ribéry voltou a encontrar pela frente Navas. Foram as últimas ocasiões de um jogo trepidante que o campeão europeu venceu. Na terça-feira, toca a dar o último passo a caminho de Kiev no Bernabéu.
 

Buscar