Zidane: “Fizemos todos os possíveis para ganhar”

“Para os jogadores é complicado porque lutam, correm, criam oportunidades mas a bola não quer entrar”, explicou o treinador blanco.
Zinedine Zidane compareceu na sala de imprensa do estádio Santiago Bernabéu e analisou o encontro frente ao Villarreal: “É difícil explicar. Fizemos de tudo. Tivemos muitas ocasiões, mas a bola não quis entrar. Não tem explicação. É um mau momento, que continua, e é difícil para os meus jogadores. Não lhes posso apontar nada. A única explicação é que é um mau momento. É uma derrota difícil de digerir porque não merecíamos esta sorte. Dentro dos aspectos negativos há que pensar nos positivos e isso é pensar que temos uma oportunidade para inverter o mau momento”.

“Fizemos todos os possíveis para ganhar mas não conseguimos. A bola não quer entrar. Tentamos de todas as formas e feitios mas não há explicação. Temos agora jogos para inverter este mau momento. Tivemos muitas boas ocasiões e agora vamos passar por um momento duro. A explicação é continuar a pensar que vamos mudar isto. Temos que continuar a trabalhar e ganhar jogos. Hoje não tivemos sorte e vamos pensar que na quinta-feira vai ser diferente”.

Bloqueio mental?
“Pode ser mental porque afecta quando não se ganha. Quando estamos num mau momentos passam-se coisas negativas. Quando rematamos não marcamos, e quando há hipótese de recarga não a impedimos. Isto afecta mentalmente. Há que continuar a trabalhar e voltar a conseguir uma vitória. Fizemos todos os possíveis para ganhar e não tenho nada a apontar aos meus jogadores. Não estou contente mas muito menos abatido. É uma nova oportunidade para demonstrar que podemos inverter esta situação. Depois de um jogo como este é muito difícil mas não vamos baixar os braços”.
 

Há que pensar positivo e isso é pensar que temos uma oportunidade na quinta-feira para inverter o mau momento.

“Qualquer um pode dar a sua opinião mas nós vamos continuar porque ainda temos coisas para demonstrar. Estamos aqui e queremos que contem com o Real Madrid porque onde há vida há esperança. No futebol a cada três dias há um jogo. Quando as coisas estão a correr mal temos a possibilidade de mudar, e quando correm bem de confirmar esse momento. Vamos mudar isto todos juntos e ajudando o companheiro. É o que precisamos para inverter esta situação".

Solução
“Conhecemos a situação e sabemos o que nos espera. É uma situação difícil porque nunca a vivemos mas para os jogadores é complicado porque lutam, correm, criam oportunidades mas a bola não quer entrar. Temos que conseguir marcar. O bom do futebol é que há jogos e na quinta-feira temos 90 minutos para marcar e ganhar o jogo. O de hoje já não podemos mudar. Estamos tristes por esta falta de sorte mas não vamos mudar a nossa mentalidade de seguir em frente e lutar”.

Ataque previsivel?
Não acho que seja assim. Tivemos ocasiões e rematamos à baliza. No futebol há duas equipas e o que deves fazer é marcar um golo a mais do que o adversário, e nós tentamos. Não sei se somos previsíveis. Preparamos os jogos mas há um momento em que a bola não entra e não se trata de sermos previsíveis”.

Alterações na equipa 
“Não há alterações a fazer. O resultado é muito negativo. Vamos inverter isto ganhando. Havemos de ganhar bem um jogo e oxalá seja o de quinta-feira”.