EmiratesAdidas
APOEL - Real Madrid

0-6: Para os oitavos com goleada

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 21/11/2017 | Alberto Navarro | FOTÓGRAFO: Antonio Villalba/Helios de la Rubia

Os tentos de Cristiano Ronaldo (2), Benzema (2), Modric e Nacho dão o triunfo em Nicósia aos brancos, que já estão na ronda seguinte da Champions.
  • Champions League
  • Jornada 5
  • Ter, 21 Nov
GSP Stadium
0
6
O campeão europeu não falhou contra o APOEL e vai estar nos oitavos-de-final da Champions League. Os brancos, que depois da vitória do Tottenham em Dortmund passam como segundos do Grupo H, tinham que ganhar em Nicósia e fizeram-no alcançando a maior goleada fora de casa da sua história na Champions League. Brilharam Cristiano Ronaldo e Benzema, que marcaram dois tentos cada um. 

No minuto 23 apareceu o primeiro golo dos visitantes. Modric,de zona frontal, rematou em vólei e surpreendeu Nauzet com a bola a ressaltar diante do guarda-redes. A partir daí, os brancos foram avassaladores e aos 39’ aumentaram a vantagem. A jogada colectiva e ao primeiro toque foi de muito belo efeito. Benzema combinou com Kroos, este tabelou com Cristiano, e assistiu o francês que não falhou isolado. 

Ligação Ronaldo-Benzema
Longe de relaxar, o campeão europeu imprimiu ainda mais ritmo ao seu jogo e dois minutos mais tarde voltou a marcar. Asensio marcou o canto, Varane rematou de cabeça e Nacho colocou a bola no fundo das redes com o pé direito.  

Cristiano Ronaldo marcou 100 golos com o Madrid nas competições europeias. 

O APOEL via-se impotente perante as investidas adversárias, mas não foi assim que se chegou ao intervalo. Nos descontos, os brancos desenvolveram um contra-ataque como manda a lei. Kroos entregou o esférico para a desmarcação de Benzema, este deu a Cristiano Ronaldo, que fintou com um bonito toque de calcanhar e ofereceu o golo ao gaulês. Bis de Benzema, que já é o melhor marcador francês na história da Taça dos Campeões Europeus.  

Se a primeira parte terminou com o bis de Benzema, a segunda começou com novo bis, desta vez do melhor marcador da história da competição. Em apenas cinco minutos, Cristiano Ronaldo marcou de cabeça aos 49’ na sequência de um grande centro de Marcelo e voltou a festejar numa jogada plena de insistência de Benzena, que roubou a bola a um defesa adversário e beneficiou de um ressalto em Nauzet ao lutar pelo lance até final.  

Terceiro jogo consecutivo sem sofrer
A goleada podia ter sido ainda mais gorda em dois remates de Borja Mayoral e Ceballos mas o marcador não se alterou. Este resultado avultado veio acompanhado de outra excelente notícia: é o terceiro jogo consecutivo em que o Real Madrid não sofre algum golo. A equipa vai conhecer o adversário dos oitavos no sorteio a realizar no próximo dia 11 de Dezembro.  

Pesquisar