EmiratesAdidas
Real Madrid - Valencia

2-2: O Real Madrid procurou a vitória até final

Ver galeria

CRÓNICA | 28/08/2017 | Alberto Navarro

Asensio marcou os dois golos dos brancos, ambos de belo efeito, frente a um combativo Valência.  
  • La Liga
  • Jornada 2
  • Dom, 27 Ago
Santiago Bernabéu
2
2
O Real Madrid procurou a vitória contra o Valência até final e esteve perto de o conseguir se o remate de cabeça de Benzema não tivesse ido ao poste. Aos dez minutos de jogo os brancos desequilibraram o confronto. Os minutos que Asensio precisou para recuperar o esférico, conduzi-lo até à beira da área e inventar um disparo preciso em arco contra o qual Neto nada pôde fazer. A reacção dos visitantes apareceu oito minutos mais tarde. Gayá e Lato combinaram do lado esquerdo e o centro do último foi aproveitado por Carlos Soler para empatar.

O encontro estava vibrante, e apesar de se ter chegado ao intervalo com um empate, o Real Madrid dispôs de ocasiões para ganhar vantagem. Em todas foi Benzema o protagonista. O seu disparo da entrada da área de primeira na sequência de um fulgurante contra-ataque aos 36’ foi desviado para canto por Neto. Mais claras foram as duas últimas do francês. Centro de Bale e o remate de cabeça do ‘nove’ madridista saiu alto aos 44’. Um minuto mais tarde foi Kroos que fez um precioso passe, Benzema rematou de cabeça e a bola passou a centímetros da baliza dos visitantes.

O REAL MADRID MARCA HÁ 70 JOGOS OFICIAIS CONSECUTIVOS. 

A segunda metade começou de forma muito diferente. O Real Madrid entrou dominador e o Valência meteu-se na sua área à espera de um contra-ataque ou uma bola parada. Quase surpreendia aos 62’ mas a cabeçada de Kondogbia na sequência de uma falta saiu por cima. Responde o Real Madrid por duas vezes. Centrou Marcelo seis minutos depois e o remate de cabeça de Bale também saiu alto. Um minuto depois foi Modric quem tentou de zona frontal e obrigou Neto a brilhar.

Brilhou Asensio
O encontro era de parada e resposta, e aos 73’ Parejo tentou de livre mas teve pela frente uma grande estirada de Keylor Navas como resposta. Não conseguiu fazer o mesmo o guardião madridista quatro minutos mais tarde após o disparo de Kondogbia. Havia que dar a volta, e aos 83’ Asensio colocou de novo tudo empatado com um magistral livre directo de zona frontal. A partir daí só existiu o Real Madrid, que quase marcava aos 88’ num remate de Benzema na pequena área, e nos descontos com a cabeçada do francês que Neto desviou antes de bater no poste.  

18

Avançado

9

Avançado

Pesquisar