1. Close
    La LigaJornada 16
    vivê-la emEstadio Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    EspanyolEspanyol
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 16
      Estadio Santiago Bernabéu
     12/07/2019
    13:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwitter

  2. Close
    Liga EndesaJornada 12
    vivê-la emWiZink Center
    Real MadridReal Madrid
    vs
    San Pablo BurgosSan Pablo Burgos
    Informação do jogo
    Liga Endesa, Jornada 12
      WiZink Center
     12/08/2019
    20:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwitter

EmiratesAdidas

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Map

Notícias

As 33 Ligas

VER A HISTÓRIA DA EQUIPA PRINCIPAL
  • 1ª 1931/1932
    1ª 1931/1932View details
    Cerrar detalles

    O Madrid ganhou a sua primeira Liga com grande autoridade, como o demonstra o facto de ter terminado o campeonato invicto. A equipa branca manteve uma dura luta com o Atlético de Bilbau, que ficou resolvida na última jornada graças a uma vitória no campo do Barcelona.

     

  • 2ª 1932/1933
    2ª 1932/1933View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid ganhou o título pelo segundo ano consecutivo e disputou novamente o campeonato até final com o Atlético de Bilbau. As contratações de Pedro Regueiro e Samitier foram as mais destacadas daquela temporada, e fortaleceram bastante o plantel de Robert Edwin Firth.

  • 3ª 1953/1954
    3ª 1953/1954View details
    Cerrar detalles

    O terceiro título da Liga do Real Madrid chegou 21 anos depois. A contratação de Alfredo Di Stéfano foi fundamental para a conquista. Os adeptos brancos começaram a desfrutar de uma equipa que nos anos vindoiros dominaria o futebol espanhol e europeu. 
     

  • 4ª 1954/1955
    4ª 1954/1955View details
    Cerrar detalles

    O Madrid revalidou o título estabelecendo uma nova melhor marca de pontos. Durante aquela temporada, o estádio passou a chamar-se Santiago Bernabéu, e apesar da mudança de treinador à jornada 14, o Real Madrid ganhou o campeonato com cinco pontos de vantagem sobre o Barcelona.

     

  • 5ª 1956/1957
    5ª 1956/1957View details
    Cerrar detalles

    Depois de ter conquistado na temporada anterior a primeira Taça dos Campeões Europeus, o Real Madrid conquistou o título e contratando uma estrela, Kopa. O conjunto branco proclamou-se vencedor da Liga na penúltima jornada, no jogo contra o Saragoça no La Romareda, onde venceu 1-2.

     

  • 6ª 1957/1958
    6ª 1957/1958View details
    Cerrar detalles

    Segundo título da Liga consecutivo, desta vez com o Atlético de Madrid como grande rival. O plantel integrou dois grandes jogadores do panorama internacional, o guarda-redes argentino Domínguez e o defesa uruguaio Santamaría. Eles substituíram bem veteranos como Pérez Payá, Molowny e Navarro.

     

  • 7ª 1960/1961
    7ª 1960/1961View details
    Cerrar detalles

    Depois de dois vice-campeonatos consecutivos, iniciou-se um ciclo de cinco títulos seguidos. A contratação de Vicente, guarda-redes precedente do Espanhol, foi um êxito, já que na sua primeira temporada venceu o Troféu Zamora. A solidez no Santiago Bernabéu foi uma das chaves para a conquista da sétima Liga. Os brancos não perderam nenhum jogo em casa, e além disso alcançaram uma série de 26 jornadas invictos.

     

  • 8ª 1961/1962
    8ª 1961/1962View details
    Cerrar detalles

    Os brancos venceram novamente o campeonato numa temporada em que tinham chegado ao Real Madrid Araquistáin, Betancort, Isidro, Tejada, Ruiz II e Miera. Os madridistas dominaram com autoridade e não saíram da primeira posição desde a jornada 4.

     

  • 9ª 1962/1963
    9ª 1962/1963View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid ganhou o título mostrando grande regularidade. Foi líder em todas as jornadas excepto três. Amancio, Zoco e Müller foram as novas caras e estiveram a um nível excelente. 

     

  • 10ª 1963/1964
    10ª 1963/1964View details
    Cerrar detalles

    Santisteban, que tinha sido emprestado, Suárez e Serena são as novidades da equipa nesta temporada, marcada pelo adeus de Di Stéfano. O mito madridista despediu-se vencendo a Liga, titulo que conquistavam pela quarta vez consecutiva.

     

  • 11ª 1964/1965
    11ª 1964/1965View details
    Cerrar detalles

    A equipa branca culminou o ciclo de cinco títulos consecutivos e obteve o direito de conservar o seu terceiro troféu original. Os madridistas terminaram com êxito a primeira temporada após o adeus de Di Stéfano graças ao aparecimento da geração yeyé do Real Madrid.

     

  • 12ª 1966/1967
    12ª 1966/1967View details
    Cerrar detalles

    Depois da conquista na temporada anterior da Taça dos Campeões Europeus, o Real Madrid voltava a impor a sua hegemonia em Espanha, conquistando a Liga com cinco pontos de vantagem sobre o Barcelona. O Real Madrid continuava com êxito o processo de renovação e consolidou as bases para criar uma nova equipa campeã.

     

  • 13ª 1967/1968
    13ª 1967/1968View details
    Cerrar detalles

    Primeira temporada depois da saída de Puskas. Por outro lado chegaram De Diego, Peinado, Miguel Pérez e Iznata. Segundo título consecutivo para a equipa branca, com actuação destacada de Velázquez, que realizou o seu campeonato mais goleador com 10 tentos. 

     

  • 14ª 1968/1969
    14ª 1968/1969View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid conseguiu o terceiro título consecutivo e o último da década de 60. A equipa dirigida por Miguel Muñoz alcançou a liderança no terceiro encontro da Liga, e não abandonou o posto o resto da temporada. Além disso, esteve 28 jornadas consecutivas sem perder. 

     

  • 15ª 1971/1972
    15ª 1971/1972View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid enfrentou a primeira temporada depois do abandono de Gento com o melhor resultado possível. Juntou mais uma Liga ao palmarés, numa época que dominou desde a segunda jornada. O plantel viu entrar novos valores, dentre os quais se destaca Santillana. Também chegaram García Remón, Verdugo e Anzarda.

     

  • 16ª 1974/1975
    16ª 1974/1975View details
    Cerrar detalles

    Depois de 14 anos com Miguel Muñoz como treinador, o Real Madrid decidiu apostar no técnico jugoslavo Miljanic. A temporada não podia ter sido mais espectacular e no final da Liga o Real Madrid alcançou 12 pontos de vantagem sobre o mais imediato perseguidor, o Saragoça.

     

  • 17º 1975/1976
    17º 1975/1976View details
    Cerrar detalles

    Miljanic repetiu o êxito da temporada passada, desta vez num campeonato menos folgado contra o Atlético de Madrid e o Barcelona. Amancio foi um dos protagonistas, já que esta seria a última época da sua carreira de futebolista. El Brujo colocou um ponto final na carreira com o seu nono título da Liga.

     

  • 18ª 1977/1978
    18ª 1977/1978View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid recuperou o ceptro da Liga numa temporada em que se tinha reforçado com dois jogadores que entrariam para a história do clube branco: Stielike e Juanito. Sabido, Isidro e Wolff foram as outras contratações que o clube fez durante o verão. 

     

  • 19ª 1978/1979
    19ª 1978/1979View details
    Cerrar detalles

    Luis de Carlos foi o sucessor na presidência após a morte de Santiago Bernabéu e deu continuidade a Molowny no posto de treinador. A aposta resultou e o Real Madrid fechou a primeira volta com uma derrota apenas, o que lançou a equipa para o título.

     

  • 20ª 1979/1980
    20ª 1979/1980View details
    Cerrar detalles

    Vujadin Boskov no banco e Cunningham no ataque foram as novidades mais destacadas do novo projecto que resultaria na terceira Liga consecutiva. O triunfo na Taça de Espanha contra o Castilla foi outro grande momento de felicidade para o madridismo dessa temporada.
     

  • 21ª 1985/1986
    21ª 1985/1986View details
    Cerrar detalles

    Cinco temporadas sem conquistar a Liga eram demasiadas para um clube como o Real Madrid. Com o objectivo de inverter a tendência numa competição de regularidade, fizeram três contratações que deram grandes resultados: Maceda, Gordillo e Hugo Sánchez. Com Molowny no banco, conquistaram a primeira Liga da Quinta del Buitre.
     

  • 22ª 1986/1987
    22ª 1986/1987View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid revalidou o título numa edição em que foi testado um novo modelo de competição, o playoff. Após 34 jornadas, os brancos disputaram uma segunda fase contra o Barcelona, Espanhol, Sporting de Gijón, Saragoça e Maiorca que decidiu o campeão. Beenhakker estreou-se com êxito como técnico madridista.
     

  • 23ª 1987/1988
    23ª 1987/1988View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid ganhou a terceira Liga consecutiva e obteve o direito de conservar o troféu original. O branco foi a cor dominante nas 38 jornadas que durou a competição, já que os madridistas tornaram-se líderes no primeiro jogo ao golear o Cádis por 0-4 e não baixaram dessa posição em nenhum momento.
     

  • 24ª 1988/1989
    24ª 1988/1989View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid voltou a conquistar o título pela quarta vez consecutiva e com grande autoridade. Os brancos chegaram à liderança na oitava jornada e não perderam essa condição o resto do campeonato. Leo Beenhakker voltou a triunfar no seu terceiro ano como técnico madridista.
     

  • 25ª 1989/1990
    25ª 1989/1990View details
    Cerrar detalles

    Nova demostração de bom futebol e golos do Real Madrid para conquistar a quinta Liga consecutiva. A partida de Leo Beenhakker foi suprimida com o galês Toshack, que não só voltou a ganhar o campeonato, como também entrou para a história da Primeira Divisão por marcar 107 golos em 38 jogos.
     

  • 26ª 1994/1995
    26ª 1994/1995View details
    Cerrar detalles

    Valdano ficou a liderar o banco de um Real Madrid que conquistou a Liga depois de quatro temporadas sem o conseguir. As contratações de Laudrup, Redondo, Quique e Amavisca fizeram o Santiago Bernabéu desfrutar de um novo campeonato. Zamorano e Amavisca formaram uma dupla que dominou o campeonato. 
     

  • 27ª 1996/1997
    27ª 1996/1997View details
    Cerrar detalles

    A chegada de Fabio Capello à equipa branca trouxe consigo uma profunda renovação no plantel. Suker, Seedorf, Secretário, Mijatovic, Roberto Carlos, Illgner, Panucci e Zé Roberto foram as caras novas daquela temporada. As alterações resultaram desde o primeiro momento e conquistou a Liga sem perder nenhum jogo no Bernabéu.
     

  • 28ª 2000/2001
    28ª 2000/2001View details
    Cerrar detalles

    A temporada começou com uma mudança na presidência do Real Madrid. Florentino Pérez ganhou as eleições e empreendeu um novo projecto com Luis Figo como bandeira. No banco dos brancos manteve-se Del Bosque, que no ano anterior tinha conquistado a oitava Taça dos Campeões Europeus frente ao Valência.
     

  • 29ª 2002/2003
    29ª 2002/2003View details
    Cerrar detalles

    A chegada de Ronaldo ao Real Madrid tornou ainda mais temível o plantel branco, que no ano anterior tinha contratado Zidane. O adversário a bater nesta ocasião foi a Real Sociedad, que liderou grande parte do campeonato e terminou a dois pontos do conjunto dirigido por Del Bosque.
     

  • 30ª 2006/2007
    30ª 2006/2007View details
    Cerrar detalles

    Fabio Capello regressou dez temporadas depois ao Real Madrid e repetiu o título da Liga que conseguiu na etapa anterior. Foi um campeonato no qual os brancos foram de menos a mais, e que só chegaram à liderança à jornada 34. Os 25 golos que Van Nistelrooy marcou na sua primeira temporada foram decisivos.  
     

  • 31ª 2007/2008
    31ª 2007/2008 View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid renovou o título de campeão conseguido na temporada anterior, ao realizar uma excelente temporada pela mão do novo treinador, Bernd Schuster. Robben, Metzelder, Sneijder, Saviola, Pepe, Heinze, Drenthe e Dudek foram as contratações do clube branco. 
     

  • 32ª 2011/2012
    32ª 2011/2012View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid conquistou a Liga número 32 e continuou a engrandecer o seu palmarés numa competição em que é a equipa mais laureada. Desde a criação do clube em 1928, o clube tem cinco taças originais. Dirigido por Mourinho, o Madrid impôs-se no campeonato jogando de forma espectacular, que o levou a conseguir 100 pontos e bater o recorde de golos numa Liga: 121.
     

  • 33ª 2016/2017
    33ª 2016/2017View details
    Cerrar detalles

    O Real Madrid conquistou a Liga no La Rosaleda após um final de campeonato emocionante, no qual somou seis vitórias consecutivas para manter a vantagem sobre o Barcelona. A equipa de Zidane fecha a Liga com vários dados estatísticas de relevo: recorde de golos fora na história do campeonato (58), oitava Liga seguida a marcar mais de 100 golos e primeira temporada da história que marca em todos os encontros do campeonato.

Pesquisar