EmiratesAdidas
contenido

2º Mundial de Clubes

O Real Madrid já é a equipa com maior número de títulos de campeão mundial: três Intercontinentais e dois Mundiais de Clubes.

O Real Madrid voltou a fazer história, desta vez no Japão, tendo-se tornado no primeiro pentacampeão do mundo de sempre. Para o conseguir, os madridistas venceram o Club América (México) e o Kashima Antlers (Japão) na edição de 2016. O clube branco já detém dois Mundiais de Clubes, que se somam às suas três Taças Intercontinentais.

Benzema e Cristiano Ronaldo dividiram os seis golos da equipa na prova e o avançado português foi eleito Bola de Ouro da competição e melhor jogador da final. Luka Modric também teve um papel destacado e foi Bola de Prata do Mundial de Clubes.

Cristiano Ronaldo, Bola de Ouro da prova

Na final diante do Kashima Antlers, Benzema abriu o marcador, mas a equipa japonesa deu a volta ao resultado com um golo merecido antes do intervalo e outro no reatamento. Cristiano Ronaldo marcou um penálti que levou o encontro para o prolongamento, no qual foi decisivo com outros dois golos que garantiram o título. Com este hat-trick, o português fechou de forma brilhante um ano repleto de êxitos colectivos e individuais. 

Um 2016 inesquecível com a Décima Primeira, a Supertaça Europeia e o Mundial de Clubes.

Sergio Ramos foi o encarregado de levantar o troféu durante a comemoração que decorreu no relvado do estádio Internacional de Yokohama. Zidane mostrou a sua satisfação após a conquista do título: “Sabíamos que iríamos sofrer mas um título importante é sempre motivo para festejar”. Os jogadores também se referiram a este esplêndido fecho de 2016 e a imprensa de todo o mundo fez eco do novo título madridista.
 
Meia-final
Anteriormente à final, o Real Madrid defrontou o Club América no mesmo cenário. Os madridistas estrearam-se nesta edição com uma vitória por 0-2 graças aos tentos de Benzema e Cristiano Ronaldo. Modric foi eleito melhor jogador do encontro.

Pesquisar