EmiratesAdidas
Wolfsburgo - Real Madrid

2-0: dar a volta no Bernabéu

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 06/04/2016 | Alberto Navarro

O Real Madrid jogará a passagem às meias-finais da Champions na próxima terça-feira no seu estádio. 
  • Champions League
  • Quartos-de-final (Primeira mão)
  • Qua, 06 Abr
Wolfsburg Arena
2
0
O Real Madrid não teve sorte na Alemanha e caiu aos pés do Wolfsburgo, que na primeira parte fez dois golos em apenas sete minutos e soube conservar a vantagem. Agora há que dar a volta à eliminatória na próxima terça-feira no Bernabéu, onde os brancos já deram provas suficientes ao longo da sua história de serem capazes de tornar realidade os desafios que se propõem por mais difíceis que pareçam.

O Madrid dominou desde o início, mas aos 2 minutos viu ser anulado um golo a Cristiano Ronaldo por um fora-de-jogo duvidoso e dois mais tarde reclamou penálti num empurrão de Luiz Gustavo a Bale. Os brancos podiam ter-se adiantado num mano a mano de Benzema que Benaglio resolveu bem, aos 14', mas pouco depois acabaram por ser os alemães a marcar. Rodríguez fez o 1-0 aos 18 minutos, ao converter um penálti que o árbitro assinalou por queda de Schürrle numa bola dividida com Casemiro. E quase sem tempo para reagir surgiu o 2-0, obra de Arnold, ao rematar à boca da baliza um cruzamento de Henrique.

Benzema saiu lesionado
Era preciso dar a volta e o Real Madrid mantinha-se fiel ao plano inicial: criar perigo tendo a bola em sua posse. A oportunidade que teve Benzema aos 32' foi bastante clara, mas a sua cabeçada saiu a escassos centímetros da baliza adversária, após cruzamento de Bale. Kroos tentou da zona frontal cinco minutos mais tarde e Benaglio voltou a demonstrar a sua qualidade. Se a sorte já fugia ao Real Madrid, surgiu mais uma prova disso. Benzema teve de sair lesionado aos 41' e Jesé entrou para o seu lugar.

Mais oportunidades
Os brancos continuaram a tentar após o intervalo. Podiam ter reduzido a desvantagem aos quatro minutos do segundo tempo. Bale ganhou a linha de fundo, cruzou e Cristiano Ronaldo não acertou por muito pouco. Os mesmos protagonistas, sete minutos mais tarde, mas o remate de Cristiano Ronaldo, desta vez de cabeça, saiu a escassos centímetros da baliza dos donos da casa.

Entrou Isco
O Wolfsburgo estava metido na sua área e o Real Madrid tentava aproveitar. Aos 73 minutos, grande passe entre linhas de Isco, que aos 64' tinha substituído Modric, e a bola, após o duelo entre Cristiano Ronaldo e Benaglio, foi contra o corpo do guardião e andou a passear-se pela pequena área. Os brancos tentaram o golo aré ao último minuto, mas o marcador não voltou a alterar-se. Na próxima terça-feira, os brancos têm a oportunidade de dar a volta à eliminatória. O Bernabéu espera viver mais uma grande noite europeia.
Pesquisar