EmiratesAdidas

Real Madrid - Las Palmas

3-1: O Madrid mantém-se firme na liderança

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 31/10/2015 | Alberto Navarro

Os golos de Isco, Cristiano Ronaldo e Jesé na primeira metade deram o triunfo contra o Las Palmas.
  • Liga BBVA
  • Jornada 10
  • 31/10/2015
Santiago Bernabéu
3
1
O Real Madrid mantém-se firme na liderança da Liga. Pouco mais se pode pedir a uma equipa, que apesar das numerosas baixas, continua no lugar mais alto da classificação do campeonato, e do seu grupo da Champions League. A vítima esta tarde foi o UD Las Palmas, que regressou ao Bernabéu 14 temporadas depois, e pouco pôde fazer num encontro que se decidiu praticamente desde o início, em menos de um quarto de hora.  

Quando ainda muitos espectadores não tinham chegado ao seu lugar, os da casa adiantaram-se no marcador. Ao minuto 4, Jesé recuperou a bola a 20 metros da área, passou a Casemiro e o passe entre linhas do brasileiro, com ligeiro desvio de Cristiano Ronaldo, apanhou a desmarcação de Isco, que controlou com o pé direto e definiu na perfeição com o pé esquerdo. Dez minutos depois marcou o português. Marcelo assistiu e o luso lançou-se em prancha para ampliar a vantagem com a cabeça.

Espectacular Jesé
Apesar de ter o jogo resolvido, a ambição dos brancos e o apoio do público convidavam a continuar a atacar. Estiveram perto de fazer o 3-0 três minutos antes de se cumprir a meia hora de jogo. A jogada de Jesé foi espectacular. O natural das Canárias, de costas, dominou para fintar o primeiro adversário, desfez-se do segundo e apenas a grande intervenção de Javi Varas evitou que o esférico beijasse a rede. 

CRISTIANO RONALDO MARCOU ÀS 30 EQUIPAS QUE DEFRONTOU NA LIGA. 

O guarda-redes do conjunto das Canárias voltou a brilhar aos 34’. O contra-ataque foi vertiginoso. Jesé conduziu o esférico, centrou e o remate de Isco de primeira terminou em canto. Nada fazia prever a mudança do guião do jogo, mas o Las Palmas reduziu a desvantagem. El Zhar marcou o canto aos 38’ e Hernán, de cabeça, bateu Casilla após a bola bater na trave. Pouco durou a alegria dos visitantes. Apenas cinco minutos. Os que Jesé, o melhor em campo, precisou para receber a bola na área, encarar o defesa, puxar para o lado e colocá-la na baliza. 

Benítez decidiu substituir Modric por Lucas Vázquez para enfrentar uma segunda metade onde o Las Palmas entrou mais valente, ainda que a primeira ocasião fosse para os da casa aos 51’. Isco, que fugiu por duas vezes a Vicente Gómez, viu a desmarcação de Cristiano Ronaldo nas costas da defesa, mas o remate do português saiu desviado.  

Estreia de Mayoral
Houve tempo para a estreia de Borja Mayoral. O canterano substituiu Kroos aos 87’, tal como Casilla que disputou o primeiro jogo com a equipa principal, e participou no triunfo frente ao conjunto das Canárias, que podia ter sido mais expressivo caso Javi Varas, nos descontos, não tivesse exibido os seus reflexos num frente a frente com Cristiano Ronaldo e no posterior remate de Lucas Vázquez. Os brancos mantém-se firmes na liderança e já pensam na complicada semana que têm pela frente, na qual na terça-feira enfrenta o PSG em casa e no domingo o Sevilha fora.  

Buscar