EmiratesAdidas
Real Madrid - Bayern

0-1: O Real Madrid perde pela diferença mínima na final da Audi Cup

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 05/08/2015 | Javier García (Munique) | FOTÓGRAFO: Ángel Martínez

Um golo de Lewandowski aos 88 minutos deu a vitória ao Bayern de Munique no Allianz Arena.
  • Audi Cup
  • Amigável
  • 05/08/2015
Allianz Arena
0
1
O Real Madrid não conseguiu conquistar o seu terceiro troféu da pré-temporada. No sexto jogo do verão, os homens de Rafa Benítez viram chegar ao fim a condição de invictos. Um golo solitário de Lewandowski nos derradeiros instantes deu a um Bayern de Munique mais rodado a Audi Cup. Os brancos deram réplica aos alemães e tiveram várias oportunidades para chegar ao golo. O próximo teste será no domingo, em Oslo, frente ao Valerenga.

Cinco madridistas madridistas foram repetentes no onze de Benítez em relação ao triunfo sobre o Tottenham. Entre eles Isco e Jesé, cuja mobilidade entre linhas deixou em sobressalto a defesa alemã desde o apito inicial. Os primeiros minutos refletiram o respeito que ambas as equipas sentiam. Face à dificuldade de romper a teia defensiva do Bayern, Kroos tentou de fora da área, mas o seu remate saiu desviado. O mesmo fez Alaba, obrigando Keylor Navas a intervir.

Seis canteranos
Pepe teve de sair, com queixas, dando o lugar a Nacho. Com a entrada deste, os brancos passaram a contar com seis jogadores que passaram pelo Castilla. Aos poucos, o Bayern foi-se aproximando da baliza madridista. Aos 32', Müller rematou ao poste, após um desvio em Ramos e,  aos 43', Navas defendeu face a Götze. Antes do intervalo, o Madrid tentou o golo de bola parada e Ramos reclamou penálti por empurrão de Boateng.

O próximo teste será no domingo, em Oslo.

Illarra e Asensio entraram em campo no início da segunda parte, que começou com a melhor oportunidade para os homens de Benítez. Kroos obrigou Neuer a brilhar na marcação de um livre que ia ao ângulo. A resposta foi dada por Lewandowski, que quase meteu a bola nas redes, na pequena área. Modric e James entraram para refrescar o meio-campo. Entretanto, Kroos mantinha o seu nível, com nova bomba que o guardião do Bayern voltou a defender.

O jogo estava muito dividido e o golo poderia surgir em qualquer das balizas. Danilo, recém chegado, procurou-o num remate em vólei. Keylor Navas parou dois remates do Bayern de fora da área. E, assim, com ocasiões de ambos os lados, foi-se esgotando o tempo de um encontro que acabou por ser resolvido aos 88', quando Douglas Costa cruzou para a conclusão de Lewandowski, que marcou. 

Buscar