EmiratesAdidas
Real Madrid - Valencia

2-2: Alves e os postes complicam a Liga

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 09/05/2015 | Alberto Navarro

Pepe e Isco marcaram os golos do Real Madrid que acertou duas vezes na trave e outra no poste, na primeira parte. 
  • Liga BBVA
  • Jornada 36
  • 09/05/2015
Santiago Bernabéu
2
2
Real Madrid esteve perto de conseguir a proeza de dar a volta ao 0-2 ao intervalo com uma segunda metade brilhante, na qual marcou dois tentos e podia ter conseguido o terceiro. Tudo se complicou aos 19’. Gayá centrou e Alcácer, na cara do golo superou Casillas. A sorte fugia dos brancos, que antes tinham acertado duas bolas nos ferros. Bale foi o primeiro, depois de cobrar magistralmente uma falta aos 14’ e quatro minutos mais tarde o remate de cabeça de Cristiano Ronaldo acertou na trave, após um canto marcado James.  

O azar perseguia o brancos, algo que foi mais notório quando Kroos, com queixas, teve que ser substituído aos 25’. Entrou Illarra e um minuto mais tarde, Parejo marcou um livre e Javi Fuego penteou o esférico para fazer o segundo da sua equipa. A tarefa ficava ainda mais complicada, mas se há equipa que demonstrou ao longo da sua história que é capaz de superar qualquer adversidade, essa equipa é o Real Madrid. 

Pénalti
Bale esteve perto de reduzir a desvantagem aos 32’. O seu tiro a 30 metros obrigou o guardião dos visitantes a brilhar. Continuavam a atacar os da casa. James combinou com Chicharito, este com Bale, e o remate do mexicano de primeira, acertou no poste. Terceiro remate ao ferro na primeira metade. Mais azar era impossível, mas Bale foi derrubado na área nos descontos. Cristiano Ronaldo marcou o pénalti, e Alves adivinhou as suas intenções. Toda a segunda metade para dar a volta a este resultado adverso.  

NONO GOLO DE PEPE NA LIGA ESPANHOLA.

Ancelotti decidiu fazer entrar Carvajal e Marcelo por Arbeloa e Coentrão, depois do intervalo. Esgotavam as alterações os brancos, que estiveram perto de reduzir a desvantagem aos 47’ mas o disparo de Chicharito foi defendido por um inspirado Alves. O assédio da equipa da casa era mais evidente. Apareciam com mais frequência junto da área do Valência. James centrou, Chicharito rematou de cabeça aos 56’ e o guarda-redes voltou a brilhar, defendendo para canto. Na sequência do canto aconteceu o primeiro tento dos locais, obra de Pepe de cabeça. 

O Santiago Bernabéu estava rendido a uma equipa valente, que iria lutar pelo triunfo até ao fim. E Cristiano Ronaldo voltou a tentar. O seu livre aos 68’ não acertou na baliza por escassos centímetros. Quatro minutos depois, nova oportunidade de bola parada. James marcou o livre e Alves evitou sobre a linha de golo o remate de cabeça de Sergio Ramos. O brasileiro foi o salvador da sua equipa.  

Espectacular golo de Isco
Ainda não tinham tido a palavra final os brancos. Isco recebeu em zona frontal, procurou espaço aos 84’ e surpreendeu Alves com um disparo espectacular. 2-2 e seis minutos pela frente. Chicharito dispôs da última oportunidade aos 92’, mas encontrou um inspirado Alves pela frente. Descomunal esforço dos locais. Ainda que sem o merecido prémio.  

Buscar