EmiratesAdidas
Guipúzcoa Basket - Real Madrid

76-90: O Real Madrid derrotou o Gipuzkoa Basket com um festival dos jogadores das posições exteriores

CRÓNICA | 12/10/2014 | Edu Bueno

Llull (16 pontos e 22 de valorização) e Sergio Rodríguez (19 pontos) lideraram o recital de triplos dos brancos. 
  • Liga Endesa
  • Jornada 2
  • Dom, 12 Out
San Sebastián Arena 2016
76
90
Se no primeiro jogo da Liga foram os lançamentos exteriores que decidiram, na segunda vitória frente ao Gipuzkoa Basket foram os jogadores das posições mais exteriores a realizaram um grande jogo, que dominaram graças ao espectacular acerto de triplos (13). Llull (16 pontos e 22 de valorização) voltou a ser o melhor madridista pelo quinto ano consecutivo em San Sebastián. Sergio Rodríguez (19 pontos), Rivers (11) e Carroll (10) também se destacaram num Real Madrid que viu Rudy disputar os primeiros juntos na Liga, e Nocioni ser poupado por precaução.  

A agressividade com que os locais entraram na San Sebastián Arena teve reflexo nos primeiros oito minutos do jogo. Imaculados nos lançamentos de dois pontos (100%) e nos triplos (4/8), com Dean e Hanley a marcarem com facilidade (sete pontos cada um), controlaram os ressaltos e mantiveram-se na frente do marcador contra uns madridistas que ainda não tinham entrado no jogo (20-14, min. 8).

Dois minutos de ouro
Apesar da letargia inicial, e de se manterem em jogo graças a Carroll e Llull, a equipa branca mudou a dinâmica do embate entre os 8' e os 10', com um parcial esmagador de 1-14. Comandados pelo natural das Baleares (11 pontos com uma falha apenas nos lançamentos e 17 de valorização) e pelo norte-americano (oito pontos), os comandados por Laso controlaram os bascos com a velocidade com que jogaram, e tomaram conta do jogo antes do final do primeiro período (23-28, min. 10).

O Real Madrid melhorou defensivamente à medida que decorria o segundo período. Esteve mais concentrado nos ressaltos, e impediu segundas oportunidades ao Guipuzkoa Basket, que teve em Hanley o melhor homem (11 pontos). Sem ser o dia mais inspirado no ataque, os brancos continuaram a somar pontos e aumentaram a pouco e pouco a vantagem, liderados por Sergio Rodríguez e Rivers (10 e 5 pontos respectivamente) antes do intervalo. Rudy, recuperado dos problemas físicos, disputou os primeiros minutos na presente edição da Liga (37-46, min. 20).

Todos os jogadores do Real Madrid marcaram pontos 

A máquina madridista não deixava o adversário respirar. Foi a vez de Campazzo dirigir, e Rivers e Reyes assumirem o papel concretizador. O capitão realizava, como é habitual, um trabalho silencioso perto das tabelas, mas bastante eficiente, e o extremo norte-americano deu um recital sobre os fundamentos e visão de jogo. Outros dois triplos seus e mais um de Llull colocaram o marcador em 48-66 aos 27'. 

Reacção local
Com o jogo bem encaminhado para os visitantes, o Gipuzkoa Basket tentou responder com uma defesa à zona e a pressionar em todo o campo. Uma boa aposta para os comandados por Ponsarnau. Assistiu-se a um Madrid menos directo no jogo,e em três minutos, com Díez e Franch incisivos, os locais diminuíram surpreendentemente a desvantagem até aos oito pontos aos 29' (58-66), que ficou em 11 pontos depois de outra genialidade do Chacho na forma de triplo, em cima da buzina desde o meio do campo (58-69, min. 30).

Sprint do Chacho
O triplo do Sergio Rodríguez foi um duro revés para o melhor momento de jogo basco, que piorou no recomeço com outro triplo do Chacho, e um 2+1 de Maciulis (62-74, min. 33). Apenas Hanley com transições respondia ao festival de triplos dos brancos. O Madrid continuou igual nos últimos minutos, gerindo bem a vantagem e a demonstrar a superioridade na zona restritiva. Novamente o Chacho e Maciulis, com triplos consecutivos (13 no total) encerraram a segunda vitória do Real Madrid na Liga Endesa (76-90, min. 40).

Ficha técnica
GIPUZKOA BASKET 76 (23+14+21+18): Dean (16), Jordan (3), Hanley (18), Díez (11) e Doblas (7).--cinco inicial--; Motos (2), Huskic (0), Olaizola (4), Iarochevitch (6), Grimau (2) e Franch (7).
REAL MADRID 90 (28+18+23+21): Llull (16), Carroll (10), Maciulis (8), Ayón (3) e Bourousis (2) --cinco inicial--; Campazzo (5), Rudy (3), Sergio Rodríguez (19), Rivers (11), Mejri (4), Nocioni (-) e Reyes (9).
 

23

Segundo base

Pesquisar